Novo rei no castelo

Soares somou o 5.º golo nos últimos cinco jogos e, definitivamente, já fez esquecer Dourado

• Foto: Luís Vieira

Chegou tímido, desencontrado com as balizas adversárias e com a pesada herança de render Henrique Dourado nas costas. E se é verdade que as coisas não começaram bem, também é verdade que Soares nunca se rendeu. Ao dar sempre tudo em prol da equipa, o destino lá se encarregou de ser justo com ele. O resultado são cinco golos nos últimos cinco jogos e, a esta hora, poucos são os vitorianos que pensam no passado e sentem saudades dos feitos de Dourado.

Se Marega é um jogador de extremos – como ficou comprovado no jogo com o Nacional –, Soares é visto em Guimarães como um verdadeiro exemplo daquilo que é um jogador à Vitória. E se já era bem visto quando não marcava muitos golos, agora que se reconciliou com as balizas será ainda mais respeitado. Pedro Martins já o elogiou publicamente por diversas vezes e nunca duvidou que iria colher os frutos da aposta no dianteiro brasileiro. Nesta altura, com 11 jogos realizados, soma já seis golos, metade dos que Dourado conseguiu na época passada, num total de... 30 jogos.

Soares é, de resto, o responsável pelas duas maiores explosões de alegria nas bancadas do D. Afonso Henriques esta época. É que antes de ter resolvido a receção ao Nacional com um golo ao minuto 90, já tinha sido ele o autor do tento do empate no frenético duelo com o Sporting.

Seguro

Atenta à margem de progressão de Soares, a SAD do Vitória já avançou para a compra de mais 50 por cento do passe do brasileiro, num investimento de meio milhão de euros, e que o prende ao Berço até 2020.

Por José Miguel Machado
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas