Pepa: «Problemático era não criar oportunidades»

Treinador não esconde a motivação para o jogo de amanhã com o Belenenses SAD

• Foto: Rui Minderico
Pepa não esconde a motivação do V. Guimarães para o jogo de amanhã com o Belenenses SAD. Em conferência de imprensa, o técnico sublinhou esperar um adversário difícil.

Como está a equipa para o jogo com o Belenenses SAD?
"O objetivo, seja contra quem for e onde for, é vencer. As duas semanas foram boas. Aquele ruído que havia do mercado, quem saía ou entrava, terminou, ficou arrumado. Agora, o foco passa por sermos iguais a nós próprios. Queremos fazer um bom jogo, estar focados nos quatro momentos do jogo, são todos fundamentais. Queremos voltar a sentir o apoio dos nossos adeptos, este calor humano. A lotação aumentou, isso é bom para todos. O campeonato parou só uma semana, mas sentimos falta, parece que já foi há muito tempo. Temos essa saudade de jogar. Queremos muito os três pontos e realizar um bom jogo".

A finalização já está mais afinada? "Problemático era não criar oportunidades. É uma questão de meter a bola lá dentro. Queremos ter os quatro momentos do jogo bem assimilados. Estivemos alguns jogos sem marcar, mas as oportunidades estavam lá. Nem diria que é uma questão de confiança, mas sim de competência. O mais difícil é criar oportunidades". 

O que espera do Belenenses SAD? "É um adversário difícil, são todos. Todas as equipas são competentes. É uma equipa que se reforçou muito nos últimos dias do mercado. O Petit já lá está há algum tempo, isso facilita no processo para a equipa. É uma equipa que à partida vem com uma linha de cinco, que sabe sofrer, não tem problemas em estar no bloco baixo, se for empurrada para trás. Queremos mandar no jogo ser dominadores e muito fortes no controlo da profundidade. Temos de nos manter equilibrados nos 90 minutos porque é uma equipa competente". 

O Belenenses SAD é uma das equipas mais difíceis de ‘desmontar’ do ponto de vista defensivo? "As equipas são sempre difíceis de desmontar até entrar o primeiro golo. Há equipas que conseguem estar mais baixas e ser compactas. Todas as equipas, se estiverem coesas, com as linhas juntas, ficam complicadas de ultrapassar. Temos é de estar preparados para dar tudo, esse é o nosso desafio. Temos de revelar capacidade/paciência, para não nos precipitarmos com bola. No último jogo em casa essa capacidade foi muito importante. O jogo tem 90 minutos, temos de ter capacidade de acreditar, mas sem nos precipitar-nos. Temos de pressionar o adversário, encontrar caminhos, se a circulação for lenta fica mais difícil entrar nos espaços, que sabemos onde estão".

O Vitória teve vários jogadores nas seleções mais jovens… "Sinto muito orgulho. Parabéns à formação e ao clube pelo trabalho de excelência que está a fazer. É uma política que está a ser trabalhada há muito tempo, não é o A ou o B. Os miúdos têm uma competitividade que dá gosto de ver. Acabo por aproveitar o bom trabalho que está a ser feito na formação do clube. É um motivo de orgulho para todo nós vermos tantos jovens do clube nas seleções. Todos fazem um trabalho fantástico com os miúdos, alguns deles não jogaram noutro cube que não o Vitória".
Por Bruno Freitas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas