Reforços sem protagonismo

Contratações de janeiro tardam em justificar a aposta

• Foto: Luís Vieira

O mercado de janeiro deixou Sérgio Conceição com mais opções para atacar a segunda metade da época. A Guimarães chegaram seis caras novas, com o meio-campo e o ataque a serem os dois sectores mais reforçados. Opções variadas e de nome, mas que, até agora, ainda não conseguiram o protagonismo desejado no onze.

Oriol Rosell, João Teixeira, Victor Andrade, Hurtado, Francis e Rafinha já somaram minutos na 1ª Liga e, recentemente, têm tido mais destaque entre as opções de Sérgio Conceição. No entanto, o seu rendimento tem estado um pouco aquém do esperado, visto que nenhum deles conseguiu qualquer golo ou assistência nos já muitos minutos que estiveram em campo.

Victor Andrade é o reforço mais utilizado pelo técnico. Foi lançado em Tondela e já somou 221 minutos de utilização, distribuídos por seis jogos, cinco onde começou no banco e um onde atuou de início. Mas, além de um penálti ganho na receção ao V. Setúbal, nada mais fez de relevante.

Já Oriol Rosell tem visto a sua influencia aumentar nos últimos jogos. Sérgio Conceição deu-lhe a titularidade com o P. Ferreira e o Nacional e o ex-leão até apresentou regularidade. O problema é que a equipa perdeu ambos os encontros, tendo sofrido quatro golos. Um registo que não pode ser dissociado do papel do médio mais recuado...

Quanto aos outros quatro reforços (João Teixeira, Hurtado, Francis e Rafinha), pouco ou nada mostraram nas oportunidades que tiveram de atuar na equipa A.

Números

0 golos ou assistências dos seis reforços de inverno que Sérgio Conceição já lançou nos últimos dois meses. Um registo que prova o rendimento aquém das expectativas do grupo

221 minutos de utilização de Victor Andrade, o reforço que mais jogou. No entanto, o melhor que o extremo cedido pelo Benfica fez foi ganhar uma grande penalidade com o V. Setúbal

Por José Miguel Machado
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas