SAD aprova aumento de capital até aos 4,5 milhões de euros

Anúncio feito pelo presidente Júlio Mendes

• Foto: José Moreira

Os acionistas da SAD do Vitória de Guimarães aprovaram este sábado, por unanimidade, o aumento do capital de 1,535 para 4,5 milhões de euros, adiantou o presidente do clube, Júlio Mendes, à Agência Lusa.

Os vimaranenses concretizaram, numa assembleia geral realizada no pavilhão do clube, em que esteve presente o principal acionista, o empresário radicado na África do Sul, Mário Ferreira, a intenção já anunciada no fim de maio pelo Conselho Fiscal do clube, num parecer que considerava o aumento essencial para a SAD poder respeitar as "normas internacionalmente instituídas de fair-play financeiro".

A subida dos capitais próprios atinge quase os três milhões de euros, mas o dirigente explicou que existem apenas 233 mil euros em ações disponíveis para subscrição pelos sócios do Vitória, uma vez que o clube mantém a posse de 40 por cento da sociedade, com a "incorporação de 1,186 milhões de euros de suprimentos", e Mário Ferreira continua a deter a maioria do capital.

Os presentes elegeram também por unanimidade os órgãos sociais da SAD para o triénio entre 1 de julho de 2016 e 30 de junho de 2019, com Júlio Mendes a renovar o mandato como presidente do Conselho de Administração e Gustavo Ribeiro a substituir, no cargo de Secretário da Assembleia Geral, Hugo Costa e Silva, que saiu por "questões profissionais", avançou o responsável vitoriano.
Os acionistas aprovaram igualmente por unanimidade a relocalização da sede social da SAD para o Estádio D. Afonso Henriques, sendo que apenas na votação da dispensa do caucionamento da responsabilidade dos administradores, prevista no artigo 396.º do Código das Sociedades Comerciais, houve uma abstenção.

Por Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas