Tozé: «Foi uma expulsão um bocadinho ridícula»

Explica o que disse ao árbitro antes do vermelho direto

• Foto: Simão Freitas

Tozé explicou o que disse ao árbitro Tiago Martins na partida deste domingo com o Estoril e que levou à sua expulsão com vermelho direto.

"Eu não disse nada de especial. A minha frase foi: 'Não estragues o jogo. Porque estás a fazer isto?' [quando Rafael Miranda viu o segundo cartão amarelo]. Os jogadores do Estoril também ouviram. Os da minha própria equipa também. Foi uma expulsão um bocadinho ridícula. Sou uma pessoa ponderada tanto na minha vida, como no futebol. Não tinha nenhuma expulsão na I Liga. Sinto-me um bocadinho injustiçado por ter sido expulso desta forma. Quando estamos neste nível, temos de estar preparados para lidar com todo o tipo de situações. Houve a expulsão do Rafael Miranda, a seguir, se calhar, houve um momento de desconcentração por parte do árbitro. Temos de estar preparados para estas situações, sejamos nós, jogadores, sejam os árbitros. O árbitro não me deu explicação nenhuma", referiu o jogador.

Sobre o encontro, Tozé afirmou que, a haver um vencedor, seria o Vitória: "Claramente merecíamos ganhar o jogo. Não digo que seria pelo árbitro ou não. Criámos oportunidades para ganhar. A arbitragem não foi a melhor. Queríamos chegar ao quarto lugar hoje, porque o Braga já tinha perdido pontos. Foi nesse objetivo que nos focamos nesta partida. Continuamos a fazer boas exibições. Continuamos focados em alcançar esse lugar e em praticar bom futebol".

Por Lusa e Luís Miroto Simões
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas