Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Nildo treina-se separado do plantel

José Mota apontou abertura de processo disciplinar. Empresário conta versão diferente

• Foto: Simão Filho
A inesperada ausência de Nildo Petrolina na partida frente ao Sp. Braga levantou o véu sobre um possível problema a envolver o avançado. O jogador, de 32 anos, até figurou na lista de 20 nomes inicialmente chamados para a deslocação à Pedreira, mas acabou por não constar da lista final.

Na conferência de imprensa posterior ao jogo, José Mota justificou o afastamento com a abertura de um processo disciplinar, motivado por um alegado desrespeito de Nildo para com os regulamentos internos do clube.

Ao que Record apurou, o brasileiro foi colocado a trabalhar à parte do restante plantel e não participou na sessão de treino realizada na manhã de ontem.

Empresário nega processo

Versão diferente dos acontecimentos conta Jorge Teixeira, agente de Nildo, que diz não ter conhecimento de qualquer ação disciplinar.

"Oficialmente, não há processo nenhum. O Nildo foi informado de que iria trabalhar à parte hoje [ontem], mas desconheço qualquer processo", disse ao nosso jornal.

Sobre os alegados atos desrespeitosos por parte do jogador, Jorge Teixeira também os negou. "Levantou-se a suspeita de que o jogador fez algo, mas não aconteceu nada", assegurou.

Quanto à continuidade na Vila das Aves, fontes próximas do processo garantem a Record que o jogador pode avançar para a rescisão. No entanto, essa informação foi negada tanto pelo clube, como pelo empresário. *
Por Pedro Morais
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Aves

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M