Ordenados a conta-gotas

Muitos jogadores, incluindo alguns da equipa de sub-23, já recorreram ao fundo de garantia salarial do Sindicato

• Foto: Luís Vieira / Movephoto

Não tem sido fácil a gestão do Aves e já houve mesmo muitos jogadores, incluindo alguns da equipa de sub-23, que recorreram ao fundo de garantia salarial do Sindicato. Os responsáveis da SAD reconhecem as "grandes dificuldades de tesouraria" e admitem até que "alguns jogadores" do plantel principal receberam nos últimos dias o ordenado de janeiro e parte de fevereiro. Os ordenados estão a ser pagos a conta-gotas e a SAD espera cumprir "todas as obrigações" dentro do prazo estabelecido pela Liga para a regularização da situação e que dura até ao dia 2 de abril. Ou seja, precisamente mais uma semana.

Refira-se que Mohammadi e Welinton, as duas mais-valias do plantel, são os únicos que têm os ordenados em dia, para a SAD evitar a justa causa na rescisão do contrato, sendo que todos os funcionários também já receberam os seus ordenados.

Por António Mendes
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Aves

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.