Julio Velázquez: «Aqui há treinadores muito qualificados»

Elogia o valor dos técnicos portugueses

• Foto: Pedro Simões

"Perguntem o que quiserem, sobre o jogo ou sobre o treino, sem problema, perguntem com confiança que vou responder." Julio Velázquez começou por se dirigir desta forma a uma plateia de estudantes do Mestrado em Futebol, ontem, numa universidade de Lisboa. O técnico do Belenenses foi o convidado da treinadora Helena Costa para o debate e falou abertamente com os estudantes.

Apenas há dois meses em Portugal, o treinador espanhol parece já bem adaptado. Ainda não fala a língua de Camões mas entende "quase tudo", diz. Sente-se capaz, portanto, de fazer uma comparação entre esta nova realidade e o seu país.

"São contextos diferentes, países diferentes mas, afinal, é futebol. Existe um acompanhamento brutal por parte da imprensa, como em Espanha. Aqui há treinadores, e adjuntos, muito qualificados, como lá. De uma forma global, são dois países que vivem intensamente o futebol", afirmou.

Sem segredos, Velázquez respondeu às questões dos estudantes, sendo que muitos assistiram aos últimos jogos do Belenenses. Sobre o treino, por exemplo, o que é mais importante? "Entendo o jogo como um todo, por isso, o que treinamos durante a semana deve ter sequência no jogo. Dou mais importância aos momentos nos quais a minha equipa tem bola. É isso que queremos, pois é mais fácil dominar o jogo se a bola estiver do nosso lado", explicou.

O treinador revelou também a preferência por sessões não muito longas, no máximo com a mesma duração de um jogo. Já em relação aos aspetos que privilegia, não tem dúvidas: "Damos prioridade ao aspeto emocional do grupo e depois ao individual. Um jogador tem de acreditar primeiro em si próprio para depois acreditar na mensagem que lhe passas."

Por Miguel Amaro
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Belenenses SAD

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.