Pedro Ribeiro: «Aquela não é a nossa imagem»

Técnico do Belenenses SAD garante vontade de reagir à goleada diante do Sp. Braga já frente ao Gil Vicente

Pedro Ribeiro nem pensou duas vezes sobre qual é o estado de espírito do Belenenses SAD depois da derrota pesada frente ao Sp. Braga (1-7) e já com o jogo diante do Gil Vicente, no domingo, no pensamento. O técnico dos azuis está focado em corrigir aquilo que aconteceu no Estádio Nacional o quanto antes.

"Eu, staff, administração e jogadores sentimos que o resultado de sábado não reflete o que vimos fazendo aqui e a qualidade que temos apresentado nos jogos que fomos disputando até a este último. A vontade é de corrigir aquela imagem que não é nossa e voltar à versão que vínhamos apresentando até aí com resultados muito positivos, que nos possibilitam estar numa posição da tabela em que há várias equipas com dois ou três pontos para cima ou para baixo em relação a nós. Estão todas muito próximas entre si", referiu o técnico, de 34 anos, sem esconder que quer que o jogo chegue rapidamente.

"O futebol é um mundo que obriga a que se espere pelo próximo jogo oficial para provar que as coisas estão bem ou não. O que queremos chegar é rapidamente ao jogo de Barcelos, contra um adversário que está a fazer um bom campeonato. Temos obrigação de tentar ganhar o jogo, como com o Sp. Braga. É passado, mas queremos olhar para o presente e futuro e passa por darmos tudo para ganharmos os três pontos", acrescentou.

Com elogios a Vítor Oliveira e a uma equipa que, além de já a ter treinado, é "perigosíssima no contra-ataque, mas que sabe jogar com bola e defensivamente é compacta", Pedro Ribeiro garante que, ainda assim, olha mais para dentro. "Temos o máximo de respeito pelo Gil, mas mais do que o Gil estamos preocupados connosco", apontou.

A olhar para o mercado

Com o mercado aberto, Pedro Ribeiro não foge à questão e garante que os azuis estão a analisar possibilidades, embora se mostre feliz com as opções que tem à sua disposição. "Importa percebermos que é um mercado que acontece com uma competição a decorrer. É um mercado delicado. É uma falsa resposta quando um treinador ou alguém que responde que o plantel está fechado. Todos os plantéis estão em aberto. Tudo pode acontecer quando o mercado está em aberto. Podem vir desafiar um jogador nosso ou acontecer uma venda. São questões internas que naturalmente vimos a falar sobre elas, não especificamente sobre mercado de janeiro, mas qualquer oportunidade agora ou num futuro próximo. Estou satisfeito com o plantel que tenho, os jogadores sabem disso, mas é uma questão de que temos falado", referiu.

Como a goleada podia não ter acontecido

Ainda sobre a derrota sofrida diante do Sp. Braga, o treinador olhou de forma mais fria para o encontro e analisou a goleada... que podia não ter acontecido. O que conta é o desfecho final, mas Pedro Ribeiro olha para um lance como decisivo.

"Até ao momento do 2-0 e 3-0 do Sp. Braga estávamos dentro do jogo. Sofremos um golo, mas é o futebol. O Sp. Braga teve mérito e felicidade de conseguir marcar e nós numa tripla oportunidade a seguir ao 1-0 não conseguimos fazer. Se fizéssemos o empate, o jogo tinha sido consideravelmente diferente. A partir do 2-0 e 3-0, contra uma equipa competentíssima que luta por objetivos diferentes dos nossos no campeonato fica extremamente difícil voltar ao jogo. Contra o Gil e contra todos os adversários, os jogos começam 0-0 e estamos crentes no que temos feito durante a semana", apontou.

Por Pedro Gonçalo Pinto
Deixe o seu comentário
  • Gil Vicente
    -
    Belenenses SAD
  • (1)
    (X)
    (2)
  • 1.8
    3.55
    4.7
  • *Odds sujeitas a variação. Consulte o valor actual desta odd em www.nossaaposta.pt
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Belenenses SAD

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.