Rui Pedro Soares anuncia queixa criminal contra a SAD do Aves

Presidente da SAD dos azuis avançou por suspeitas de corrupção desportiva

Rui Pedro Soares, presidente do Belenenses SAD, anunciou que apresentou, esta segunda-feira, uma participação criminal contra a SAD do Aves, tendo em conta as recentes ameaças de não ir a jogo no resto do campeonato.

"Em face do que tem sido público desde a passada sexta-feira, com toda a comunicação que tem sido transmitida pela administração da Aves SAD, a Belenenses SAD apresentou participação criminal por suspeitas de corrupção desportiva. Este crime tem moldura penal máxima de 10 anos de prisão. Entendemos que tudo o que se tem passado desde sexta-feira passada e que tem sido público é contrário aos interesses da Aves SAD e por isso entendemos que podemos estar perante atos de índole criminosa que pretendemos que sejam investigados. Nós sabemos que é do interesse da Aves SAD que os dois jogos se realizem. É do interesse do grupo de trabalho da Aves SAD que os jogos se realizem. É do interesse que o futebol português que o jogo se realize. Entendemos que o que tem vindo a ser comunicado desde a passada sexta-feira é contrário a todos esses interesses. Podemos estar perante indícios da prática de um crime de corrupção desportiva.", começou por explicar o dirigente.

Questionado sobre se acredita que a desistência pode influenciar as contas do Belenenses SAD na luta pela permanência, Rui Pedro Soares garantiu que os azuis só pensam em ganhar o último jogo com o V. Setúbal e lembrou o que já se tinha passada com a União de Leiria em 2011/12.

"O Belenenses SAD vai fazer os seus 34 jogos e vai disputar a vitória em todos os jogos. É sempre assim que fazemos com respeito por todas as regras. Há oito anos, em 2012, uma equipa apresentou-se com oito jogadores em campo. Foi a U. Leiria na última jornada em 2011/12. Agora, a Liga não tem condições para prevenir que uma situação dessas não voltasse a acontecer. É altura de repensar muito em relação à Liga, em matéria de regulamentos e também a necessidade de a Liga ter capacidade financeira para acorrer a uma situação destas. São precisas regras claras e muita vontade que uma situação destas não acontece outra vez. Em 2012 foi o mesmo", referiu, antes de detalhar a importância de haver mudanças regulamentares.

"É preciso separar o trigo do joio para que as exceções não se transformem regra. E é preciso perceber que o futebol profissional em Portugal não pode estar à mercê de uma situação destas poder acontecer novamente. Temos dois meses até à próxima época e há mesmo muito trabalho a fazer. Vamos estar à altura das nossas responsabilidades e a Liga também vai ter de estar. Esperamos que no imediato seja apontada uma data para que este tipo de situação não se volte a repetir. Ainda não aprovámos o orçamento da próxima época e vamos olhar com atenção para que não possam existir casos de equipas que entram nos últimos meses a entrar em decomposição e coloquem em risco a verdade desportiva. É fácil de fazer, basta ter vontade", atirou.

Rui Pedro Soares afirmou ainda que a "imagem do futebol português já está manchada" e mostrou-se surpreendido pelo facto de o Belenenses SAD ser a primeira entidade a avançar com uma denúncia da situação, mas também fez questão de deixar uma mensagem ao emblema avense.

"Uma mensagem que quero deixar ao treinador, aos jogadores, ao departamento médico, ao presidente do clube, aos adeptos, a todos. A dignidade é sempre reconhecida. Nessa equipa da U. Leiria que entrou em campo com oito jogadores, estava o guarda-redes do At. Madrid, o Oblak. Tenho a certeza de que é vontade de todos os profissionais do Aves disputarem o jogo. O que se está a passar é algo que desestabiliza todas as que estão disputar a permanência", rematou.

Rui Pedro Soares e a situação do Aves: «Desestabiliza todas as equipas que estão a disputar a permanência»

Por Pedro Gonçalo Pinto
36
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Belenenses SAD

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.