Segurança Social reacende guerra

Em causa uma acusação feita por Patrick Morais de Carvalho durante a AG de dia 17 de novembro

• Foto: Pedro Simões

Mais uma guerra se reacendeu entre o Belenenses clube e a SAD. Em causa está uma declaração de Patrick Morais de Carvalho durante a assembleia geral do último dia 17, na qual o atual líder do clube se queixou de não receber 50 mil euros da Fundação EDP, no âmbito das Salésias, pelo facto de a SAD não ter a situação regularizada com a Segurança Social.

Neste momento, tanto clube como SAD têm as situações regularizadas com a Segurança Social mas até ao dia 18 de novembro nem um nem outro tinha em seu poder a certidão passada por aquela entidade. De acordo com o que Record apurou, a direção do clube liderada por Patrick Morais de Carvalho requereu, já em novembro, uma certidão com a situação regularizada, mas a mesma foi-lhe negada, conforme revelou a própria Segurança Social em documento datado de 3 de novembro e ao qual o nosso jornal teve acesso.

"Informa-se que a declaração de situação contributiva solicitada ainda não foi emitida pelo Centro Distrital de Lisboa, pelo facto de a entidade Belenenses SAD não apresentar a sua situação contributiva regularizada", adiantando que "para que seja emitida declaração de situação contributiva regularizada, nenhuma das entidades pode ter dívida para com a Segurança Social", rezava a missiva. Facto indesmentível é que a Segurança Social acabou por passar certidão ao clube e à SAD no mesmo dia, a 18 de novembro, conforme documentos a que Record também teve acesso e se mostram acima.

Mais uma guerra acesa numa altura em que o tribunal se prepara para decidir sobre a conta-corrente entre os dois Belenenses e denúncia do acordo parassocial.

Patrick depreende que SAD se apressou

Patrick Morais de Carvalho, líder do Belenenses clube, mostrou-se satisfeito por estar de posse da certidão da Segurança Social e mostra-se certo de que a SAD "não tinha a sua situação regularizada no início de novembro, altura em que pedimos a renovação da nossa por ter caducado em setembro", reforçando as acusações feitas na assembleia de 17 de novembro. "Depreendo que a SAD se apressou a regularizar a situação no dia seguinte à AG", referiu. A SAD ainda não tomou posição pública.

Por João Pedro Abecasis
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Belenenses SAD

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0