Record

Belenenses frente ao Alverca

APRECIAÇÃO À EQUIPA

FÁBIO ROSA (3). Actuação positiva, mas colaborante pela negativa naquele meio da segunda parte, em que alguma desconcentração assaltou todo o sector.

HÉLDER ROSÁRIO (3). Deslocação para o centro da defesa, em que fez dupla com Pelé, por indisponibilidade de Wilson. Manteve os padrões elevados, parecendo até mais seguro e tranquilo que o companheiro.

PELÉ (3). Boa dupla com Hélder Rosário, embora tenha levado mais tempo a adquirir a tranquilidade necessária. Quase sempre bem no controlo dos movimentos de Rodolfo Lima.

GONÇALO BRANDÃO (3). Acompanhou o ritmo do sector defensivo com eficácia, numa actuação positiva. Cedeu o lugar a Valdiram (66') que aumentou para 2-0.

TUCK (3). Exibição esforçada do médio do Belenenses que teve de assumir um papel de ligação entre sectores e o fez com dedicação e galhardia. Uma noite positiva.

SANÉ (2). Foi um ajudante empenhado no meio-campo, mas com menor eficácia que Tuck. Mais desconcentrado em momentos cruciais.

VERONA (2). Bem tentou nos livres, cantos e jogadas individuais, mas não era uma das suas noites. Mostrou um futebol demasiado ardiloso para a compreensão dos homens mais adiantados.

ELISEU (2). Demasiado falível quer nas opções de remate, quer na vertente dos cruzamentos. Diligente a integrar-se em trabalhos defensivos, mas nem sempre com a eficiência desejada.

MAURO (3). Marcou um golo muito útil e de qualidade, que deu o pão para a boca a um Belenenses tão necessitado de triunfos. Esteve bem.

LEONARDO (1). Muito falível.

VALDIRAM (3). Fez o que Leonardo nem sequer tentou muito.

RÚBEN AMORIM (1). Um minuto em campo.
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Belenenses

Notícias

Notícias Mais Vistas

M