Prestes a descolar

Silas confessa que quer começar a apontar a outro tipo de objetivos, mas espera jogo exigente

• Foto: Paulo Calado

"Temos de estar mesmo muito vivos e em alerta!" Palavras de Silas a pensar no duelo de hoje com o Chaves. O técnico do Belenenses sabe aquilo que vai enfrentar, especialmente após a derrota (0-1) com o emblema flaviense na Allianz Cup, pelo que não se deixa enganar pelo último lugar que o Chaves ocupa. "A classificação não condiz com o valor do plantel, que é muito forte e com um bom treinador. Arrisco-me a dizer que eles não vão ficar no fundo da tabela", explicou o treinador, de 42 anos, antes de revelar a ambição que existe no Jamor: "Pensamos em nós e estamos a querer começar a olhar para cima. E também queremos muito ganhar..."

Entre muitos elogios ao plantel pelos seis jogos seguidos sem perder fora de casa – recorde alcançado diante do Santa Clara (3-2) –, Silas não tem problemas em falar da ausência de Keita, suspenso pela FIFA durante quatro meses. Trata-se de uma oportunidade para outros se chegarem literalmente à frente. "O Henrique jogou muito bem frente ao Santa Clara. Ganhou um penálti, podia ter feito outros golos e trabalhou imenso para a equipa. Sei que ele andava muito à procura desta oportunidade. Também o João Rodrigues [Tarzan], que vai ser convocado", acrescentou.

Por Pedro Gonçalo Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Belenenses

Notícias

Notícias Mais Vistas