Próximo passo é chegar à Europa

Rui Pedro Soares não teve receio de apontar à meta dos 50 pontos

• Foto: Fernando Ferreira

Com o Belenenses a fechar a época nos 43 pontos, é hora de balanços. Rui Pedro Soares não teve receio de apontar à meta dos 50 pontos e à Europa e explicou o porquê. "Não construímos castelos na areia e pensamos que é o momento de ir para os 50 pontos. Já não somos uma equipa de sobe e desce. Estamos estáveis na Liga e o próximo passo é chegar aos 50 pontos para chegar ao patamar de equipas como V. Guimarães e Rio Ave", apontou o presidente dos azuis, durante o almoço de final de época do plantel.

Além de garantir que vai manter a confiança em Silas, Rui Pedro Soares sublinhou que a aposta vai ser feita no mercado português, já a começar por Dieguinho, avançado do Cova da Piedade que já rubricou contrato. "Posso dizer que vamos recrutar essencialmente em Portugal", referiu, enquanto reconheceu que manter jogadores em final de contrato como Muriel ou Sasso será difícil. "Um jogador que seja titular numa equipa como o Belenenses e acabe contrato é difícil manter. Há muitos campeonatos com receitas que não temos e uma fiscalidade menos severa", apontou o dirigente, de 46 anos.

Já o capitão Gonçalo Silva falou de uma época acima das expectativas. "Não era normal jogar num estádio que não era nosso. Depois houve a questão do símbolo, do hino. Criámos uma verdadeira família e os objetivos foram sempre maiores do que as coisas que nos podiam atrasar", afirmou, sem medo de abraçar a meta dos 50 pontos: "Se conseguimos 43 pontos esta época, porque não os 50 na próxima?"

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Belenenses

Notícias

Notícias Mais Vistas