A um jogo de igualar melhor série de Jesus

Equipa não sofre golos há sete partidas e está próxima do registo alcançado em 2013/14

• Foto: Movenoticias

O Benfica vai procurar no sábado, frente ao Boavista, somar a oitava vitória consecutiva, um feito bastante positivo e para o qual muito tem contribuído o bom desempenho no capítulo defensivo. Isto porque as águias estão já há sete jogos sem sofrer golos e se tal se voltar a verificar diante do conjunto axadrezado, a equipa de Rui Vitória bate o melhor registo alcançado durante a liderança do antecessor, Jorge Jesus.

O atual técnico leonino alcançou estas oito partidas sem ver os adversários festejar em 2013/14. Tudo começou num jogo da Taça de Portugal, diante do Penafiel, e terminou quase quarenta dias depois num encontro da Liga Europa, frente ao Tottenham, em Londres, quando Oblak foi batido por Eriksen, de livre direto, no jogo que terminou com uma vitória encarnada por 3-1.

Este registo já foi destacado pelo próprio Rui Vitória, após o triunfo frente ao V. Guimarães, no último sábado. Se conseguirem estar mais 90 minutos sem sofrer, as águias podem começar a olhar para um recorde com 27 anos. Na altura (1988/89), o Benfica esteve nove encontros com a baliza inviolável – sete no campeonato e dois na Taça–, numa época em que acabou por conquistar o título de campeão com Toni no comando.

O inevitável Dost

A última vez que o Benfica permitiu festejos ao adversário foi precisamente há um mês, frente ao Sporting de... Jorge Jesus, no dérbi que as águias acabaram por vencer por 2-1. Bas Dost foi o autor do golo que selou o resultado final, mas que acabou por não impedir os encarnados de somar três preciosos pontos.

Ederson e Júlio César – este apenas frente ao V. Guimarães, no jogo da Taça CTT – foram os guardiões da baliza nesta fase, embora no sábado o jovem deva voltar ao onze com o desafio de estar mais 90 minutos sem sofrer.

Por Valter Marques
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Weigl: «Sinto-me bem no Benfica»

Médio tem contrato até 2024 e diz não se ver a deixar a Luz este verão, algo que poderá suceder caso as águias recebam uma boa proposta

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.