À volta dos milhões de Ederson: Rio Ave, Gestifute, Ribeirão e agora... São Paulo

Brasileiros podem encaixar perto de 500 mil euros pelo mecanismo de solidariedade da UEFA

No comunicação enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários a confirmar a transferência de Ederson para o Manchester City, por 40 milhões de euros, o Benfica explicou que "existe o compromisso de entregar 50% da mais-valia obtida nesta transferência a terceiros". Ou seja, Rio a Ave e Gestifute. Agora, para além do Ribeirão (vai receber 200 mil euros), há também o São Paulo, que espera lucrar com este negócio por via do mecanismo de solidariedade da UEFA.

O guarda-redes brasileiro passou pelo emblema paulista entre 2006 e 2009 e tricolor espera, por isso, encaixar entre 360 mil e 480 mil euros - entre 0,9% e 1,2% do valor total da transferência. Segundo o 'Globoesporte', o montante exato só será conhecido após o São Paulo receber as informações da Confederação Brasileira de Futebol, o que deverá acontecer num prazo máximo de 10 dias.

Recorde-se que o mecanismo de solidariedade da UEFA prevê que os clubes que um jogador representa entre os 12 e os 23 anos dividam 5 por cento do valor total da transferência. Dos 12 aos 15 anos, cada temporada é recompensada com 0,25 por cento do valor total da transferência. A partir dos 16, é a 0,5 por cento.

Refira-se que o regulamento dita que deve ser o clube comprador a responsabilizar-se pelo cálculo e pagamento desta contribuição aos emblemas formadores - embora esta verba não seja retirada do bolo total dos 40 milhões de euros.

Por João Socorro Viegas
19
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.