Advogado do Benfica no julgamento de Rui Pinto: «Vivia em sobressalto a pensar na próxima publicação»

João Medeiros conta que passou por um mau bocado aquando da divulgação dos seus emails

• Foto: Pedro Simões

João Medeiros, advogado do Benfica, esteve esta quarta-feira a ser ouvido no âmbito do julgamento de Rui Pinto, que decorre no Campus de Justiça, e confessou que no período em que os seus emails foram divulgados pelo blogue 'Mercado de Benfica' vivia em constante sobressalto. Diz que os clientes lhe pediram satisfações e que aqueles foram "tempos de incerteza.

"Pensava que tinha sido só a minha equipa e o conjunto de pessoas que tratavam dos assuntos do Benfica a serem atacados", disse o advogado.
 
As repercussões da alegada invasão de Rui Pinto aos emails de Medeiros foram muitas: "Passei o momento mais difícil da minha vida, tinha todos os meus emails expostos. Os clientes ligavam para saber o que se tinha passado, vivia num sobressalto constante, a pensar na próxima publicação. Os assuntos das pessoas estavam expostos, nessas publicações eram revelados comportamentos das pessoas visadas. Foram tempos de incerteza. Os colegas foram sempre impecáveis. Não sabia onde isto ia acabar nem qual era o propósito."

As pastas eram publicadas como estavam ou havia tratamento da informação? "Ao início parecia que havia tratamento de informação, mas depois os documentos já só eram divulgados."

Medeiros acrescentou que, "por se tratar dos assuntos do Benfica as pessoas diziam 'se não fosses tu, com os assuntos do futebol, nada disto teria acontecido'". "As pessoas perceberam que a responsabilidade não era minha, é certo que tive de dar justificações sobre o que aconteceu, mas não perdi clientes."

Por Rafael Soares
54
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.