Comercialização irregular de bilhetes: Benfica desvaloriza mas está atento

O que é preciso para entrar no clássico com um bilhete comprado numa casa do Benfica?

• Foto: Paulo Calado

A venda dos bilhetes para o clássico ainda só foi aberta aos sócios do Benfica, mas, ontem, adeptos do FC Porto divulgaram nas redes sociais fotografias de ingressos, alegadamente comprados em casas do clube encarnado. Estes bilhetes, porém, não têm código de barras, elemento fundamental para a entrada e que está carregado junto do cartão de sócio. Esta situação está a ser seguida com atenção, mas não preocupa a direção dos tricampeões nacionais, que promete uma triagem muito criteriosa dos adeptos junto aos torniquetes.

Dadas as características do encontro, o Benfica-FC Porto do próximo dia 1 será um jogo de alto risco. Os responsáveis pelo clube lisboeta avisam desde já que, à exceção da área reservada para os adeptos rivais, só entrarão sócios munidos dos respetivos cartões que serão cuidadosamente verificados. E em caso de dúvida poderá mesmo ser solicitado a apresentação do Cartão de Cidadão. Os benfiquistas que não levarem estes documentos, além do bilhete entregue, correm o risco de serem barrados à entrada.

PSP deixa aviso

Com o jogo da Seleção Nacional ainda pela frente, a Polícia de Segurança Pública (PSP) não se focalizou no clássico mas, como é natural, está atenta à situação e vai tomar todas as medidas para impedir a mistura de adeptos, uma situação que iria dificultar bastante o trabalho das forças de segurança no dia do desafio.

Contactada por Record, fonte da PSP aconselhou a só se deslocar ao Estádio da Luz quem tem bilhete acompanhado pelo cartão de sócio pois, em caso contrário, arrisca a gastar dinheiro no ingresso e na viagem para acabar por ver o jogo na televisão.

Por João Soares Ribeiro e Nuno Barbosa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.