Record

Águias remedeiam ausência de centrais

JORGE JESUS DÁ ESPECIAL ATENÇÃO À ORGANIZAÇÃO DO SECTOR DEFENSIVO PARA O PRIMEIRO JOGO

Sem Luisão, ainda no Brasil a gozar um curto período de férias, e com Sidnei e David Luiz a trabalharem à parte devido a problemas musculares, Jorge Jesus está a preparar os primeiros testes com um sector defensivo muito remendado. Da última temporada só está presente na Suíça Miguel Vítor, o que tem obrigado o técnico dos encarnados a testar Yebda na posição de central e a apostar nos jovens João Pereira e Roderik, dois juniores que se encontram a prestar provas no estágio.

Ciente deste problema o técnico, de 54 anos, aproveitou parte do treino de ontem para trabalhar pessoalmente com Maxi Pereira, Yebda, Miguel Vítor, Sepsi, Patric, Shaffer, Roderik e João Pereira.

Jorge Jesus formou duas linhas defensivas que se defrontavam continuamente e nunca se coibiu de parar os exercícios para corrigir posições ou dar alguma instrução mediante os erros cometidos por alguns dos seus jogadores mais inexperientes. O técnico exige o pressing constante sobre os adversários e chamou diversas vezes a atenção dos jogadores para este pormenor específico.

Adaptações

Ainda não é certo que Sidnei possa alinhar no domingo frente ao Sion e, por isso, há que encontrar soluções. Após ter feito recuar Yebda, Jorge Jesus também experimentou Fellipe Bastos no eixo da defesa. A reintegração de David Luiz pode aliviar este problema, mas o treinador tem testado o sul-americano a trinco e pode vir a utilizar esta solução nas competições oficiais. Recorde-se que David Luiz desempenhou estas funções no Brasil.

9
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Ferreyra na porta da saída

SAD quer libertar um avançado e o argentino está aberto a escutar propostas para jogar com maior regularidade. Na Luz, está ‘tapado’
Notícias

Notícias Mais Vistas

M