Águias solicitam reunião de urgência com o Conselho de Arbitragem

Benfica denuncia conjunto de situações anómalas e insustentáveis

• Foto:  LUSA

O Benfica solicitou ao presidente do Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), José Fontelas Gomes, uma reunião de emergência.

Fonte oficial das águias refere que o clube quer colocar em cima da mesa "informações obtidas e situações anómalas que estão a acontecer". Na Luz há alguma estranheza, por exemplo, relativamente a recentes nomeações de juízes para encontros do FC Porto, em particular após os Super Dragões terem ‘invadido’ o centro de treinos de árbitros na Maia, a 5 de janeiro. Artur Soares Dias, Jorge Sousa e Manuel Oliveira, todos eles da Associação de Futebol do Porto, foram escolhidos para dirigirem partidas dos dragões seguintes a esse incidente.

Segundo o Benfica, há um "clima intimidatório" que tem levado a que "nas últimas semanas ocorresse um conjunto de situações insustentáveis". A juntar ao castigo a Rui Vitória, o FC Porto-Tondela de ontem "reforça e confirma o receio do Benfica e aumenta a indignação". A desconfiança subiu de tom pelo facto de o juiz deste jogo ter sido Luís Ferreira, que já tinha dirigido o polémico Benfica-Boavista (3-3). Fonte do clube garante que já existia preocupação, mas agora crê que os dragões têm sido beneficiados.

Refira-se que João Gabriel, ex-diretor de comunicação do Benfica, deixou no Twitter duras críticas ao Conselho de Arbitragem da FPF: "Depois da arbitragem no Dragão e da nomeação para o Benfica fica claro qual é a equipa à qual querem dar o título."

Por Nuno Farinha e Pedro Ponte
89
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.