Record

André Luís: «Já houve contactos»

BRASILEIRO GARANTE QUE EMPRESÁRIO INICIOU NEGOCIAÇÕES

O defesa assume a existência de contactos com o Benfica e não esconde a intenção de representar os encarnados logo que termine o contrato com o Santos. O brasileiro sublinha, por outro lado, que vai pedir informações a Paulo Almeida, com quem foi campeão em 2002
André Luís: «Já houve contactos» • Foto: André Ribeiro
O defesa André Luís está satisfeito com a hipótese de se transferir para o Benfica na próxima época, situação que admite ser concreta. Em exclusivo a Record, ontem, minutos antes de deixar Caxias do Sul de regresso a São Paulo, o camisola 2 do Santos reconheceu que o seu empresário, Toninho Silva, teve um encontro em Lisboa com os responsáveis pelo futebol encarnado, mas garante ainda não ter ocorrido um acerto definitivo. Aliás, os encarnados, que pretendem reforçar a defesa em Janeiro, estudam também outras possibilidades.

"Já tenho contactos com o Benfica. Realmente o Toninho conversou com os directores do clube, porém, nada foi fechado por enquanto. O meu contrato acaba em 31 de Dezembro e iremos conversar para ver se o acordo acontece. Mas já houve contactos", afirmou. Ético, o profissional assegura que dará prioridade à equipa treinada por Vanderley Luxemburgo, numa tentativa de renovação de contrato, hipótese que dificilmente será consuamada. "Se não for possível ficar na Vila Belmiro, irei pensar numa saída para a Europa."

Grande Benfica

Iniciar a carreira europeia a jogar pelo Benfica, diz André Luís, seria uma grande oportunidade, que poderia abrir as portas do Velho Continente para o seu futebol. "O Benfica é um grande clube, que me daria todas as condições de fazer uma boa época. Temos apenas de chegar a um acordo. Não tenho por que negar. Quando acabar o campeonato estarei livre. Poderei escolher a minha próxima equipa."

Jogador de extrema aplicação táctica, força e forte marcação, André Luís gosta do estilo adoptado pelo futebol português, que é definido pelo defesa como de "muita garra e pegada". "Eu vejo alguns jogos de equipas portuguesas. Assisto a partidas do Benfica e do FC Porto. Dá para ver que são 'times' de qualidade e técnica. Eu não teria por que recusar uma oferta de Portugal."

A forte marcação, aliás, é a imagem de André Luís, que não se furta a cometer faltas duras quando necessário. "O defesa tem de impor respeito. Precisa de ser sério. Eu não mostro os dentes a nenhum avançado. Lá atrás, temos sempre de dar conta do recado, sem dar moleza para os adversários", comentou.

Caso assine com o Benfica, André Luís reencontrará Paulo Almeida, com quem foi campeão brasileiro, pelo Santos, em 2002. "Trata-se de um grande amigo. Vou conversar com o Paulo Almeida e recolher todas as informações sobre o Benfica. Será um companheiro que me ajudará e pretendo também auxiliá-lo. Mas vamos ver como correm as coisas entre o clube e o meu empresário."

André Luís equacionado antes de Alcides

O interesse do Benfica em André Luís remonta a finais do ano passado. Na altura, Argel perdeu a titularidade e chegou a pensar-se que não iria renovar. De qualquer forma, registou-se uma saída no plantel, a do capitão Hélder. No meio desta indefinição, os responsáveis da SAD analisaram o mercado e o nome do brasileiro do Santos esteve em cima da mesa. Contudo, a escolha acabou por recair num colega de equipa. Alcides estava em final de contrato pelo que o Benfica nada teve de pagar ao "peixe". Uma situação em tudo idêntica à que André Luís vai viver já a partir de 31 de Dezembro.
9
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M