Associação de benfiquistas criada no parlamento com Rui Costa e Toni

Conta com deputados do PSD, PS, CDS e CDU

Deputados e funcionários da Assembleia da República criaram esta quarta-fiera uma associação de adeptos benfiquistas, que conta com personalidades de PSD, PS, CDS-PP e PCP e com os antigos jogador e treinador benfiquistas Rui Costa e Toni, entre outras.

"A Associação de Benfiquistas no Parlamento (ABP) não visa dar protagonismo a este ou aquele dos seus 40 membros dos órgãos sociais. O importante serão as ações para, num primeiro vetor, reconhecer todos quantos engrandeceram o Benfica, em todas as modalidades, e, num segundo vetor, ter algum alcance em termos de responsabilidade social, pois há algumas figuras que, infelizmente, enfrentam situações de precariedade depois de anos a servirem o clube", disse à Lusa o presidente da ABP.

António Lourenço, consultor do parlamento para assuntos económicos e também da União Europeia, explicou que a iniciativa, além do seu impulso, recebeu importantes ajudas por parte do antigo deputado do PSD e atual vice-presidente "encarnado" Rui Gomes da Silva e o deputado do CDS-PP Telmo Correia, entre outros.

Entre as forças políticas representadas faltam o BE e o PAN. Os bloquistas justificaram o tamanho do seu grupo parlamentar para não indicarem alguém para a ABP, enquanto o PAN não foi contactado, "por opção, uma vez que o seu deputado não é benfiquista".

Entre os vice-presidentes de António Lourenço, fundador do grupo desportivo da Assembleia da República em 1992, contam-se os deputados João Rebelo (CDS-PP), Hortense Martins (PS) e Sérgio Azevedo (PSD), enquanto a comunista Rita Rato e o ecologista José Luís Ferreira ficaram como suplentes.

A Mesa da Assembleia-Geral da ABP vai ser liderada por Telmo Correia e, na sua ausência, pela socialista Maria Antónia Almeida Santos. O órgão consultivo - Conselho Superior - contará com Gomes da Silva e outros antigos deputados benfiquistas como José Ribeiro e Castro (CDS-PP), Fernando Seara e Correia de Jesus (PSD), Alberto Arons de Carvalho e Ramos Preto (PS) ou Honório Novo (PCP).

Além de vários funcionários do parlamento e assessores das diversas bancadas nos órgãos sociais, a ABP terá no referido Conselho Superior os antigos futebolistas, treinadores ou dirigentes do Benfica: Rui Costa, 'Toni', Simões, José Augusto, Nuno 'Gomes' e Paulo Madeira, entre outros.

Uma associação do género foi criada em São Bento em março de 2015, mas dedicada aos rivais "leoninos", o Núcleo do Sporting da Assembleia da República.

Por Lusa
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.