Benfica diz que foi impedido de ganhar e pede a Soares Dias para deixar de apitar jogos com o FC Porto

Encarnados dizem que árbitro não consegue "ser imparcial" e que se sente "condicionado"

• Foto: Lusa

O Benfica sublinhou esta sexta-feira ter sido "impedido de ganhar" ao FC Porto, no clássico de ontem da Luz (1-1). Na sua newsletter diária, os encarnados referem "dualidade de critérios em matéria disciplinar" e apontam a Artur Soares Dias acusando-o de não conseguir "ser imparcial" e sentir-se "condicionado a apitar jogos do Benfica diante do FC Porto".

"O que ficou explícito em campo foi uma dualidade de critérios em matéria disciplinar, com um segundo amarelo perdoado aos 80 minutos a Pepe, seguido de uma anulação de uma jogada de golo. Uma dupla penalização para o Benfica, com influência no resultado. Nem amarelo, nem jogada de golo, quando já antes, em situações similares, o árbitro tinha deixado prosseguir a marcação da falta", pode ler-se.

E prosseguem: "A ausência de segundo amarelo é ainda mais incompreensível se tivermos em conta o lance da admoestação imposta a Weigl, logo na primeira parte".

"Desejamos a Artur Soares Dias as maiores felicidades no Campeonato da Europa, mas se não consegue ser imparcial e se sente condicionado a apitar jogos do Benfica diante do FC Porto, à imagem do que aconteceu ontem e no passado, iniba-se desse encargo".

Soares Dias consultou o VAR e reverteu novo penálti a favor do Benfica

Por Record
262
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Nashville avalia Cádiz

Responsáveis do clube hesitam entre acionar a opção de compra (3 M€) ou tentar prolongar a cedência temporária

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.