Benfica, o ex-presidente preso e o clube à beira da falência

Soares de Oliveira recorda tempos difíceis no pós-Vale e Azevedo

• Foto: Mariline Alves

Longe do período mais conturbado da sua história, mas ciente das dificuldades por que passaram os atuais responsáveis. Domingos Soares de Oliveira remeteu à era pós-Vale e Azevedo para enaltecer a recuperação desportiva e financeira das águias sob o comando de Luís Filipe Vieira.

"Passámos por uma fase muito difícil entre 1999 e 2001. O antigo presidente estava preso e o clube à beira da falência...", recordou, enquanto orador convidado no Web Summit, esta terça-feira, em Lisboa, onde revelou, ao lado de Nuno Gomes e Rui Costa, qual o plano do Benfica criado especialmente para os seus adeptos.

"Depois disto, conseguimos aumentar os lucros cinco vezes em dez anos [...] Hoje, vivemos uma fase diferente... Há dez anos, estávamos obrigados a defender o clube financeiramente. Tínhamos de mostrar à banca e aos credores que podiam confiar em nós. Hoje, todos querem que apresentemos resultados no plano desportivo. Mas só o conseguimos fazer se trabalharmos bem fora de campo. É o que estamos a fazer. Afinal, ganhámos os últimos três campeonatos e tivemos resultados positivos do ponto de vista financeiro", concluiu.

Por António Adão Farias
10
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.