Benfica pede detenção em flagrante delito de Francisco J. Marques

Advogados encarnados apresentaram vários requerimentos ao Ministério Público

• Foto: Pedro Alves

O Benfica pediu a detenção em flagrante delito de Francisco J. Marques, de forma a travar a divulgação contínua dos emails por parte do diretor de comunicação do FC Porto num programa do Porto Canal. Segundo explica o 'Público' na edição impressa desta quarta-feira, os encarnados apresentaram vários requerimentos ao Ministério Público com este pedido mas a procuradora titular do inquérito-crime não deu qualquer resposta.

Ao mesmo jornal, fonte da Procuradoria-Geral da República frisou que "o Ministério Público pronuncia-se sobre os requerimentos que lhe são apresentados no âmbito dos processos e no momento oportuno". O porta-voz da equipa de advogados do Benfica, João Correia, confirmou ao 'Público' a existência dos tais pedidos de detenção em flagrante delito.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.