Trajeto e reações: como foi a receção ao Benfica na Câmara de Lisboa

Milhares de adeptos reuniram-se nos Paços do Concelho da capital

- Fechamos por aqui o acompanhamento da receção do plantel do Benfica na Câmara Municipal de Lisboa.

20h10 - O Vermelhão já partiu de regresso à Luz. Protegido por um cordão policial, o autocarro das águias é perseguido também por alguns adeptos e também é saudado por outros que estão parados nas ruas que são percorridas.

André Almeida ofereceu a sua gravata a adeptos
20h09 - O autocarro do Benfica está pronto para arrancar.

20h05 - Afinal, Pizzi ainda tinha ficado para trás, tal como Bruno Lage. Agora sim, comitiva encarnada novamente reunida e pronta a regressar a 'casa'.

20h03 - Jonas é o último a entrar no autocarro e o plantel está de novo dentro do Vermelhão para uma última viagem rumo à Luz.

Jogadores acedem a pedidos para selfies
19h59 - Os jogadores já deixaram as instalações da Câmara Municipal e dirigem-se para o autocarro. É hora do último momento de saudação aos campeões.

19h57 - Os jogadores mostram a taça por uma última ocasião e deixam a varanda.

19h55 - Quem está no Benfica arrisca-se a ganhar? "É uma máxima do senhor Mário Wilson e confirmou-se. Fizemos uma segunda volta fantástica, fruto do trabalho dos jogadores. Mais importante da reconquista dos adeptos e do campeonato, de continuar o trabalho do Rui Vitória, uma palavra para o plantel, que deu uma segunda oportunidade ao Adel. Este público cantou que o Adel era campeão. O Adel é campeão porque o grupo lhe deu uma segunda oportunidade. Não foi o treinador. O treinador entendeu que o grupo queria dar-lhe uma segunda oportunidade. E isso é motivo de enorme orgulho."

Os jogadores já deixaram a varanda, mas os adeptos não desarmam
19h52 - Bruno Lage e o discurso de Vieira a propósito da política: "Até vim de fato por causa disso! Com fato e bom discurso não se sabem onde podemos ir. É o sentimento que eu vou tendo nas coisa. Houve muita gente que não percebeu as amolgadelas no carro, as palmadas no carro... Nós temos de ser equilibrados na nossa vida, porque se a ganhar permito tudo, até umas porradas no carro, amanhã quando perco estarei à espera de tudo, que me possam partir aquilo que quiserem. Há que haver equilíbrio muito grande... A ganhar amanhã partimos a porta de um balneário, amanhã partimos uma mesa, cadeira... Depois a perder estamos a abrir a porta para que as coisas sucedam ao contrário. Há que celebrar, viver com sentido público e civismo. É assim que tem ser vivido. São coisas que sinto e é de mim, nunca com intenção política".

19h50 - Bruno Lage: "Para além de guardar, é viver intensamente estes momentos. Temos de perceber o que é a vida. É um facto, é visível. Já nos pedem o 38, é essa exigência de um grande clube, mas o mais importante agora é viver o 37. E saber que a vida é isto mesmo. Da maneira que chegamos aqui, foi de treino a treino, jogo a jogo, e a nossa vida pessoal é assim também. Guardar este momento com uma enorme felicidade, que vejo com enorme alegria. Não tenho dúvida que voltaremos mais fortes e determinados, conscientes da responsabilidade de termos vencido um e termos de recuperar para ter o próximo. Dizer a este público, para viverem de forma efusiva aquilo que conquistaram. Depois teremos tempo para preparar o que aí vem. Viver o momento, guardá-lo de uma forma carinhosa, porque é um momento inesquecível".



19h49 - Canta-se "Eu amo o Benfica".

19h47 - Fejsa: "Já sei cantar o hino. Já canto o hino com o meu filho. Ele gosta muito do Benfica. É pequenino, mas já gosta muito. Até vai para a escola com a camisola. Aqui é sempre um ambiente bonito. Para mim é um momento maravilhoso. Os adeptos foram incríveis. Muito obrigado a todos pelo apoio"

Momento do hino
19h44 - E agora chega um dos momentos mais especiais da tarde: o hino do Benfica. De cachecóis erguidos, os adeptos cantam, enquanto lá em cima dos jogadores registam o momento com os seus telemóveis.

19h43 - Cervi: "Momento muito bonito. Já o tinha vivido, mas é sempre bom".

19h42 - Gabriel: "É muita felicidade. A festa não pára. Impressionado com esta festa toda!"

19h40 - Salvio: "É sempre bonito vir aqui. Depois de uma época de muito trabalho e de sacríficio de todos, hoje mais uma vez estamos aqui. Estou feliz e é sempre bom estar"



19h39 - André Almeida: "Ao pé da taça fico um pouco mais bonito... Esta festa aqui é sempre muito bonita. A interação com os adeptos é sempre especial. Esta foi a conquista da superação e a taça voltou onde deve estar".

19h38 - Incrível momento de união, com adeptos e jogadores aos saltos enquanto André Almeida exibe a taça de campeão.

19H37 - "Totalmente diferente das outras vezes, porque voltámos aqui. A taça voltou ao local onde pertence", admite Samaris.

19h36 - O público dá o mote e até Luís Filipe Vieira salta.

19h36 - Jardel: "Momento muito especial. Os nossos adeptos vieram, para fazer uma festa linda. É aproveitar este momento".

19h35 - "Incrível. Tinham-me falado, mas viver aqui é incrível", confessa Germán Conti.

19h34 - "Momento indescritível. É o que nos faz sentir bem no final disto tudo", admite Rúben Dias.

19h33 - Os adeptos saltam e cantam, enquanto os jogadores, lá em cima, tiram os seus telemóveis para registar o momento.

19h31 - "É sempre especial. Estes adeptos merecem", diz Pizzi, em declarações à BTV.

19h30 - E agora o momento alto da tarde. O plantel mostra a taça aos adeptos!

19h29 - Agora é a vez de o Benfica entregar também uma lembrança a Fernando Medina: uma camisola autografada pelo plantel (com o nome Medina nas costas e o número 37) e também uma águia com o símbolo do Benfica.

19h28 - Fernando Medina entrega agora um Santo António a Luís Filipe Vieira, Bruno Lage e Jardel. Este trio receberá uma figura maior, ao passo que os restantes elementos do plantel receberão uma figura mais pequena.

Vieira 'avisou' políticos pelo discurso de Bruno Lage e deixou uma garantia sobre o treinador
19h27 - Luís Filipe Vieira: "Este clube é grato por todos aqueles que o serviram. Quero deixar uma palavra de agradecimento ao Rui Vitória, que venceu e nos acompanhou a comemorar dois títulos aqui. A reconquista foi feita pelos jogadores, que mesmo quando a liderança parecia distinte, deram exemplo de raça e qualidade. Merecem todo o nosso elogio e agradecimento. Quero agradecer o trabalho dos treinadores de formação. Prioridade que assumimos desde cedo para o nosso Benfica. Veja-se o jogo de domingo, quatro titulares e três suplentes foram formados no Seixal. Quero também deixar palavra ao Bruno Lage, também ele jovem e produto do Seixal. Em nome de todo fica o elogio e agradecimento pelo enorme trabalho realizado. Uma aposta que nos orgulhamos, mas para alguns até parece que veio do nada. A sua escolha resulta no trabalho feito no Seixal e de toda a estratégia definida. Desde o início personificou os valores do clube. Os políticos que se cuidem, que pelo discurso do Marquês Lage consegue passar uma mensagem que ninguém fica indiferente. Mas fiquem descansados, que vai ficar connosco por muitos e bons anos. Garanto que continuaremos o nosso trabalho como principal marca do país e da cidade. Como costumo dizer, somos um clube do povo e para o povo. A cada fim de semana damos provas de ser uma força da natureza popular. Reconquista consumada, reforçámos a hegemonia no futebol português, ganhando cinco em seis títulos nos últimos anos. Repito, cinco em seis. Definimos o rumo e estratégia, só através dos jovens formados no Seixal poderemos partir para uma conquista europeia. Sim, temos como ambição e objetivo para os próximos anos consolidar a hegemonia em Portugal e ganhar uma competição europeia. Obrigado a todos. Parabéns ao Benfica e viva o Benfica."

Luís Filipe Vieira até cantou no discurso na Câmara de Lisboa
19h21 - Luís Filipe Vieira: "Benfiquistas, o campeão voltou! Dando continuidade a esta maré vermelha de festejos, de apoio impressionante por Portugal e um pouco por todo o Mundo. Festejos que provam que os momentos difíceis nos uniram como nunca. É caso para dizer 'aqui está a razão por que ninguém pára o Benfica'. Temos nesta cidade fantástica a nossa origem e raiz, mas o amor ao Benfica existe em Portugal e no Mundo, afirmando-se cada vez mais como uma marca global, com adeptos em todo o Mundo. Os que vivem agora curiosos por ver a nossa academia. Olham para o nosso clube como exemplo de como se prepara o futuro. Esta vitória é também da juventude e da aposta no futuro. Clube que está vivo, sólido e com um rumo claro. Que nos vai trazer muito mais vezes a esta praça. Agradeço também o apoio de sócios e adeptos, ficando para sempre na memória. Sobretudo nesta segunda volta. O espírito entre adeptos e equipa, sobretudo nos momentos difíceis, as vitórias sobre os rivais, os números, fazem desta vitória uma das mais saborosas de sempre. Uma vitória clara e inequívoca que premia a melhor equipa deste campeonato. Ganhámos para nós e por nós. Aqui está a taça. A reconquista foi feita. Carrega Benfica!"

Fernando Medina desejou que o Sporting ganhe a Taça e esta foi a reação dos adeptos do Benfica
19h16 - Fernando Medina: "A sua simplicidade desarmou e conquistou muitos milhões. Igualou recorde de golos. Mas a sua postura não é menos merecedora do título conquistado. É uma oportunidade de contribuir de uma forma mais salutar. A cidade de Lisboa, que será capital do desporto em 2021, tem muito a ganhar com a vitalidade das instituições. Quero destacar a conquista do Benfica da Taça de Portugal feminina e também formular o desejo da conquista de um clube da cidade na Taça de Portugal. Não são meras entidades abstratas. Não valem pelos títulos, mas pelo papel que têm. É, por isso, que cumpre destacar o papel de civismo que a todos cabe. Precisamos de hábitos mais salutares, hoje e no futuro. O festejo que assistimos orgulha ainda mais a cidade. A celebração faz-se nos quatro cantos do Mundo, porque o Benfica é maior do que Lisboa. Os que cantam lá fora cantam por todos os adeptos. Por isso, Lisboa é hoje a capital de todos os benfiquistas."



19h13 - Fernando Medina: "Espero que se sintam bem recebidos. Se algum dos jovens precisar de ajuda, que peçam ajuda aos tetracampeões do plantel, que eles já conhecem os cantos à casa do plantel. Todos os títulos são especiais. Dose de crença, resiliência e talento. união notável de direção, jogadores e adeptos. Muito pode ser dito, mas há uma ideia especialmente poderosa que emerge: uma nova geração de jogadores criados no Benfica, que cumpriram um sonho de criança e dos adeptos. Não fizeram tudo sozinhos. Que gosto tem sido ver esta equipa junta. Por cada Ferro ou João Félix houve um André Almeida, Jardel e Samaris. Não foi imune ao erro, mas houve solidariedade. Nem medo, nem timidez. O Benfica construiu uma segunda volta que foi uma reconquista dentro da reconquista. Uma palavra à liderança fora do relvado. O presidente encontrou dentro de casa o caminho que levaria o Benfica a uma nova vitória. Quinto título nas últimas seis épocas. Numa demonstração da validade de um projeto, com condições únicas para criar talento e conquistar troféus. Nesta caminhada, primeiro improvável e depois imparável, há uma liderança serena, que foi aquilo que jogadores e adeptos precisavam.

19h08 - Fernando Medina é o primeiro a falar. "Saúdo o plantel e benfiquistas por esta conquista. Hoje é tempo de celebrar a partir da casa da nossa cidade. Parabéns Benfica, o campeão voltou!"

19h07 - Os jogadores perfilam-se à espera dos discursos e alguns espreitam para ver o ambiente que se vive nos Paços do Concelho, onde milhares de adeptos estão concentrados.

19h06 - A comitiva entra agora no Salão Nobre.

19h04 - Os jogadores sobem agora para o andar superior, com Luís Filipe Vieira e Fernando Medina a abrir caminho.

19h04 - Está tirada a foto de família nas escadarias de entrada dos Paços do Concelho.

19h00 - Os jogadores e a restante comitiva encarnada entram nos Paços do Concelho e preparam-se para a habitual foto de família nas escadas.

18h59 - Fernando Medina cumprimenta Luís Filipe Vieira e, de seguida, os elementos do plantel um a um.

18h58 - André Almeida e Jardel deixam o autocarro e transportam a taça de campeão nacional. Atrás de ambos seguem Bruno Lage, Pietra, Rui Costa e Tiago Pinto.

18h55 - O plantel vai saíndo do autocarro a bom ritmo, perante a euforia dos milhares de adeptos presentes.

18h51 - Cada vez mais gente nas ruas à passagem do Vermelhão. Com mais de 20 minutos de atraso, o autocarro chega aos Paços do Concelho.

18h48 - Já em plena baixa lisboeta, o autocarro das águias está a escassos minutos dos Paços do Concelho.

18h43 - O autocarro está agora no Rossio. Cada vez mais perto da Câmara Municipal.

18h37 - Na passagem na Avenida, rumo à Baixa, juntam-se alguns adeptos para saudar a equipa.

18h36 - Ainda antes da partida rumo à Câmara Municipal de Lisboa, Grimaldo partilhou uma foto ao lado de Salvio.



18h33 - A comitiva encarnada chega agora ao Marquês, num percurso feito com algum apoio popular. A receção nos Paços do Concelho já será iniciada com algum atraso.

18h29 - O veículo segue a bom ritmo, agora no Campo Pequeno.

18h24 - O autocarro do Benfica passa a zona de Entrecampos, fazendo agora a fase final da caminhada que percorreu no último sábado antes de enfrentar a loucura do Marquês.

18h16 - Em bom ritmo, o autocarro das águias chega agora à zona do Campo Grande. Nos Paços do Concelho são cada vez mais os adeptos que esperam a chegada dos campeões.

Adeptos do Benfica continuam a chegar aos Paços do Concelho: assim se fazem as revistas
18h04 - O autocarro do Benfica já partiu rumo à Câmara Municipal de Lisboa. O percurso faz-se inicialmente pela Segunda Circular, que tem o seu trânsito cortado para deixar passar o veículo que transporta os campeões nacionais.

17h49 - O autocarro do Benfica está quase a deixar o Estádio da Luz. A polícia já se concentra na rotunda Cosme Damião, de onde partirá esta viagem rumo à baixa lisboeta.

17h22 - São cada vez mais os adeptos que se juntam em frente aos Paços do Concelho da capital.

- De referir que a cerimónia nos Paços do Concelho apenas se realizará a partir das 18:30, meia hora depois da hora inicialmente apontada, de forma a que sejam respeitados os tempos de antena para as eleições europeias nas televisões.

- Dois dias depois de se ter sagrado campeão pela 37.ª vez, o plantel do Benfica é esta segunda-feira recebido na Câmara Municipal de Lisboa, numa já habitual cerimónia que irá marcar uma espécie de segundo ato das celebrações pelo título alcançado. De notar que nesta receção não estarão presentes Florentino, Gedson e Jota, jogadores que no domingo à noite rumaram à Polónia para se juntarem aos trabalhos da seleção de Sub-20.

24
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.