Benfica SAD aumenta emissão obrigacionista para 40 milhões de euros

Valor inicial era de 25 milhões de euros

• Foto: Fernando Ferreira

A Benfica SAD decidiu aumentar o montante do empréstimo obrigacionista a três anos de 25 milhões de euros para 40 milhões de euros, anunciou esta terça-feira, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a SAD do clube da Luz.

O comunicado refere que "o encaixe líquido da operação para a Benfica SAD ascenderá a um valor estimado de 38.418.750 euros".

A emissão é remunerada com uma taxa de juro bruta anual fixa de 3,75%, a mais baixa de sempre em operações deste tipo realizadas pela SAD "encarnada". 

A oferta passa agora a contemplar a emissão de oito milhões de obrigações, em vez dos anteriores cinco milhões, com um valor nominal de cinco euros.

A emissão prevê também a possibilidade de os detentores de títulos da emissão realizada em 2017, que finda em 2020, realizarem a troca dessas obrigações pelos novos títulos, recebendo uma nova obrigação por cada uma das antigas, acrescida de um prémio de 2,5 cêntimos de euros por título, sujeitos a impostos, comissões e outros encargos.

A emissão de 2017 foi no valor de 60 milhões de euros, a maior realizada pela SAD, e a taxa de juro é de 4%.

Autor: Jornal de Negócios

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.