Benfica sobre o FC Porto-Ac. Viseu: «Infeliz oportunidade para recordar os anos 80 e 90»

Clube da Luz volta ao tema arbitragem na newsletter diária

• Foto: Lusa

O Benfica volta esta quinta-feira a deixar críticas à arbitragem e neste caso tendo por base a 2.ª mão das meias-finais da Taça de Portugal entre FC Porto e Ac. Viseu. 

"Infeliz oportunidade para recordar os anos 80 e 90 foi para quem ontem pôde assistir à meia-final do jogo da Taça de Portugal entre o FC Porto e o Académico de Viseu. Não acham que se começam a ultrapassar todos os limites? Só neste percurso na Taça, já não chegou o golo com que o Santa Clara foi eliminado nos oitavos de final?", pode ler-se na newsletter diária.

O clube da Luz refere-se ainda de novo ao apelo que fez para que todos os seus jogos e os do FC Porto fossem dirigidos por árbitros estrangeiros até fim da temporada.

"Nem de propósito, foi ontem divulgado que UEFA e Conmebol assinaram um protocolo que prevê a troca de árbitros, num plano de intercâmbio que poderá levar a que árbitros sul-americanos apitassem jogos do Euro2020 e árbitros europeus estivessem na Copa América, podendo ser estendida esta permuta à Liga dos Campeões e à Taça dos Libertadores."

As águias negam ainda que lhe tivesse sido aberto um processo disciplinar por causa deste pedido.

"Abertura do processo só pode ser por outros motivos, porque a possibilidade de árbitros estrangeiros está prevista nos próprios regulamentos da Liga Portugal, aprovada numa Assembleia Geral de 2016. Caso contrário, teríamos de ver o Conselho de Disciplina da Federação a abrir processos à Liga e à própria FPF no limite", referem.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.