Numa das mensagens divulgadas, o empresário João Gonçalves diz a Paulo Silva saber de "fonte segura" que "o Benfica ofereceu 95 mil euros ao plantel do Estoril para não perderem com o Sporting".

Esta prática, conhecida como 'jogo da mala', é, aos olhos da lei, equivalente a corrupção e pode valer até 5 anos de prisão. No âmbito do Regulamento Disciplinar da Liga é punível com multa entre 12.750 e 25.500 euros.