Bernardo Silva: «Não guardo rancor a Jorge Jesus»

Médio lembra que "todos os treinadores têm as suas opções e preferências"

• Foto: Miguel Barreira

Em entrevista ao jornal ‘As’, Bernardo Silva falou na carreira e mais uma vez foi questionado sobre os tempos do Benfica de Jorge Jesus.

"Não guardo rancor a Jorge Jesus porque nunca guardo rancor a ninguém. Todos os treinadores têm as suas opções e preferências. Naquele momento, o treinador do Benfica não contava comigo e tive de seguir a minha vida. Tomei uma boa decisão que foi jogar no Monaco, onde passei três anos incríveis e me deram a oportunidade de estar agora no Manchester City com o Pep Guardiola. Tem sido magnífico", explicou o médio.

Após mostrar a única tatuagem que tem no corpo, a relativa ao Benfica com a frase ‘E pluribus Unum’, Bernardo finalizou a entrevista com um desejo: "Gostava de acabar a carreira no Benfica. Nunca joguei na equipa principal e é um sonho que tenho".

4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0