Record

Bossio e Nuno Santos abandonam

JOGADORES JÁ RESCINDIRAM CONTRATOS

O Benfica chegou ontem a acordo com Carlos Bossio e Nuno Santos, tendo rescindido com os dois jogadores. Os guarda-redes ainda tinham contrato por mais uma temporada, mas, por serem elementos pouco utilizados, a SAD resolveu dispensá-los já, poupando deste modo um ano de vencimentos. Em situação idêntica encontram-se Cabral, Peixe e Mawete, atletas que o clube encarnado também pretende dispensar mas o acordo ainda não foi possível.

Bossio chegou à Luz na temporada de 1999/00. Internacional argentino, com 1,95 metros, Jupp Heynckes (o treinador na altura) apostou neste guardião para assumir a titularidade na baliza do Benfica. Mas as coisas não correram bem. Nessa época fez apenas oito jogos e acabou "ultrapassado" por Robert Enke, que se tornaria no novo dono da baliza benfiquista. Em 2001/02 foi emprestado ao V. Setúbal e quando voltou à Luz (no ano seguinte) já Moreira se assenhoreara das redes encarnadas...

Nuno Santos, por outro lado, também nunca chegou a afirmar-se. Chegou a ser o terceiro guarda-redes e na última época esteve emprestado ao V. Setúbal.

Sem ressentimentos

Não obstante este percurso algo sinuoso, Bossio faz um balanço positivo destas cinco temporadas em Portugal. Diz não se arrepender de nada, mas não deixa de lamentar a falta de oportunidades... "Foi muito bom, só foi pena futebolisticamente as coisas não terem corrido bem. Não tive muitas oportunidades para jogar, mas aprendi muito, tanto ao nível pessoal como profissional. Trabalhei com bons treinadores e isso foi importante. Não me arrependo de nada", começou por nos dizer o guarda-redes, frisando: "Rescindi porque quis, ninguém me obrigou. Aqui não jogo, por isso gostava de ter uma oportunidade noutro lado."

E o futuro? Para já passa por um período descanso no país das pampas. "Vou de férias, e depois logo se vê. Em termos profissionais tenho alguns contactos da Argentina, nada de especial. Gostava de ficar em Portugal, mas ainda não surgiu qualquer convite, o que é natural até porque os clubes não sabem que eu rescindi. Vou esperar", rematou.

Yannick continua à espera

Yannick, "guardião" ex-Alverca que tem o passe na mão, continua a aguardar um novo contacto do Benfica. Apesar das rescisões em cima descritas, não foi convocado para assinar contrato. "Não há novidades... Também ainda não há treinador e penso que é normal. Tenho contactos mas vou esperar", disse.
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M