Bruno Costa Carvalho: «Passivo bancário abaixo de 100 milhões é uma falácia e uma mentira»

Assumido candidato à presidência do Benfica comenta promessa de Soares de Oliveira

• Foto: Movenotícias

Bruno Costa Carvalho abordou esta quinta-feira, através da conta de Facebook, a promessa de Domingos Soares de Oliveira, administrador-executivo da SAD do Benfica, e garantiu que o "passivo bancário ser abaixo de 100 milhões é uma falácia e uma mentira". "A grande antecipação de receitas da NOS é que permite dizer isso. Mas, essas receitas já estão comprometidas a muitos anos. Sem elas, o passivo bancário aproximar-se-ia dos 250 milhões de euros. Um valor inexplicável face a tantas vendas", sustentou o assumido candidato à presidência das águias para as eleições de outubro.

Leia a mensagem na integra:

Os anos passam-se, as vendas acumulam-se, mas a qualidade das equipas do Benfica não pára de baixar.

Em vez de optarmos por um ciclo virtuoso de aumentar a nossa competitividade desportiva e, por essa via, aumentar as receitas, o Benfica é apenas visto como um negócio de venda de jogadores e, pelo caminho, uma fábrica de comissões.

O passivo bancário ser abaixo de 100 milhões é uma falácia e uma mentira. A grande antecipação de receitas da NOS é que permite dizer isso. Mas, essas receitas já estão comprometidas a muitos anos. Sem elas, o passivo bancário aproximar-se-ia dos 250 milhões de euros. Um valor inexplicável face a tantas vendas.

Tal é ainda agravado pela necessidade de recorrer a empréstimos obrigacionistas e às dificuldades de inscrição de equipas das modalidades nas competições europeias. O milagre financeiro do Benfica é parecido com o milagre português na luta contra a covid-19. É uma ilusão!

Já nem me apetece falar de uma OPA sem sentido e cujas consequências não se deveriam ter ficado pelo óbvio chumbo da operação. Num país a sério outro tipo de investigação seria feito...

Vemos um Benfica à deriva, em fim de ciclo, amordaçado por uns estatutos anti-democráticos, por uns comentadores na sua maioria pouco honestos e altamente permeáveis a favores (como bem insinuou Bruno Lage), por uma BTV que não passa de um instrumento de propaganda.

O Benfica precisa de mudar de vida. Apostar nas suas raízes ganhadoras. Apostar a sério no futebol e num novo paradigma de gestão assente nos êxitos desportivos e não nas vendas de jogadores e negociatas que daí advêm.

Ao mesmo tempo, precisamos de um Benfica que trate bem os sócios e não se veja envolvido num sem número de trapalhadas e escândalos. De um Benfica que acarinhe e respeite a sua história e que se pare de comparar permanentemente com o pior Presidente da sua história.

O Benfica tem na minha candidatura e num projecto que o clube nunca antes viu, a oportunidade de mudar de vida. Espero que os Benfiquistas entendam a minha mensagem.
Todos p'lo Benfica!

Por Flávio Miguel Silva
73
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Vertonghen é reforço do Benfica

Internacional belga tem à espera contrato válido por três épocas. Para além do chorudo prémio à cabeça, fica entre os mais bem pagos

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0