Bruno Costa Carvalho sugere reunião entre opositores de Luís Filipe Vieira

Objetivo é perceber se é possível elaborar uma candidatura única às eleições

• Foto: Movenotícias

Bruno Costa Carvalho, assumido candidato às eleições do Benfica, propôs este sábado que os opositores a Luís Filipe Vieira se reunam de forma a perceber se podem fundir e gerar uma única candidatura às eleições do clube em outubro.

"Sugiro que haja uma reunião entre mim, João Noronha Lopes, Rui Gomes da Silva e Francisco Mourão Benitez de forma a podermos aferir se há pontos de contacto e se há possibilidade de ser apresentada uma candidatura única, aglutinadora, inclusiva, e que seja sustentada pelos apoiantes de todos. Mais do que os egos, interessam-me os projetos e o futuro do Benfica", vincou através do Facebook o candidato derrotado nas eleições de 2009.

Leia a mensagem na íntegra:

Desafio para uma cimeira das candidaturas alternativas ao poder atual

Apresentei a minha primeira candidatura à Presidência do Sport Lisboa e Benfica em 2009. Era uma altura em que o Benfica vivia tempos difíceis. Ao contrário do que insinuam, nunca esperei por uma situação mais favorável para me candidatar. Desde então, nunca cessei a minha actividade em redor da vida do Benfica.

Em 2009, fui frontalmente contra o voto electrónico, mesmo quando venderam a mentira que o processo era controlado e validado pela CNE – Comissão Nacional de Eleições. Não era e tenho fortes e sustentadas dúvidas sobre o resultado apresentado nessas eleições.

Em 2012, estive na AG, onde discursei recomendando o chumbo das contas que acabou por acontecer. Aconteceu, mas sem quaisquer consequências.

Em 2013, apresentei a minha proposta de revisão de estatutos.

Recentemente, não hesitei em pôr-me ao lado do Presidente do Benfica quando estivemos sobre um ataque orquestrado pelos nossos inimigos.

Marquei presença na vasta maioria das AGs dos últimos anos, tendo falado aos Benfiquistas em todas em que estive.

Tenho apresentado inúmeras sugestões e propostas ao longo dos anos.

Fui chamado pela imprensa, durante anos, de "líder da oposição", nome de que nunca gostei. Preferiam que me vissem como uma possível alternativa.

Chegados, agora, às eleições de 2020, parece-me totalmente despropositado que apareçam 4 candidaturas alternativas à Presidência de Luís Filipe Vieira.

Assim, proponho que haja uma cimeira entre todas as candidaturas alternativas.

Sugiro que haja uma reunião entre mim, João Noronha Lopes, Rui Gomes da Silva e Francisco Mourão Benitez de forma a podermos aferir se há pontos de contacto e se há possibilidade de ser apresentada uma candidatura única, aglutinadora, inclusiva, e que seja sustentada pelos apoiantes de todos.

Mais do que os egos, interessam-me os projectos e o futuro do Benfica.

Vemos do lado de Vieira uma tentativa desesperada de se manter à tona, recorrendo ao truque mais velho do mundo: a compra de jogadores. Esses jogadores serão do Benfica, seja qual for o Presidente.

Em vez de discutirmos jogadores, vamos falar de projectos!

Fica, assim, feito o desafio a todas as candidaturas alternativas, esperando eu que esta proposta não caia no silêncio das estratégias egoístas de cada uma delas.

Deixo apenas um aviso: não tomem isto como nenhum sinal de fraqueza ou debilidade. A candidatura TODOS P’LO BENFICA chegará às urnas se assim o entendermos.

Também não queremos discutir lugares nem rostos. Como referi, são os projectos e o Benfica que nos move.

Fazemos este desafio com toda a boa fé e a pensar, única e exclusivamente, nos superiores interesses do Sport Lisboa e Benfica.

E pluribus unum.

Por Flávio Miguel Silva
34
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.