Bruno Lage lembra estreia: «Adeptos iam ver que tipo de Benfica haveria num futuro próximo»

Treinador recordou os passos dados para reconquistar os adeptos e subir ao primeiro lugar

• Foto: Lusa

Bruno Lage recordou esta sexta-feira os passos dados desde que chegou à equipa principal do Benfica, começando pelo primeiro jogo em que orientou as águias até ao momento em que atingiu o primeiro lugar. 

O primeiro jogo

"Prepara-se tudo da mesma maneira. Quando chegámos não podíamos perder mais pontos. Todos os jogos têm sido com essa intenção. Olhar para o adversário, preparar a estratégia e entrar no jogo. Foi assim que conseguimos a primeira posição quando fomos ao Dragão e a partir daí não há espaço para uma e outra equipa perderem pontos. É a mesma situação no vosso trabalho: se estiveram a fazer um trabalho e pensarem em duas ou três situações ao mesmo tempo, o trabalho não sai bem feito. Tem sido a nossa maneira de estar, com equilíbrio."

O que foi pedido quando assinou

"Não me foi pedido nada. Na situação em que estávamos, é preparar e fazer o que era possível. A questão tinha de ser por fases. A primeira era começar a jogar bom futebol para reconquistar os adeptos, vencer jogos. A partir do quarto, quinto, sexto jogo começámos a sentir isso. Sentimos logo um ambiente muito forte no primeiro jogo, aos 20 minutos quando estávamos a perder 2-0 com o Rio Ave. As pessoas iam ver que tipo de Benfica ia haver num futuro próximo.

A determinada altura, as coisas começaram a ligar-se, a relação entre equipa e adepto começou a notar-se mais, em casa e fora. Sentíamos isso. Depois foi agir com naturalidade e as coisas foram acontecendo, tendo em consideração o que estamos a preparar para amanhã: fomos vivendo o dia-a-dia, de final em final, até esta situação, dependentes apenas de nós."

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.