Record

Bruno Lage: «Não vamos só meter os miúdos e abandonar quem nos deu tanto»

Treinador diz que os jovens da formação têm de continuar a trabalhar

• Foto: Paulo Calado
Bruno Lage alertou que a ascensão dos jovens da formação à equipa principal não é sinónimo de titularidade garantida. O treinador do Benfica falou especificamente nos casos de Jardel e Fejsa, que recentemente foram substituídos por Ferro e Florentino devido a lesão.

"Estamos só a falar do capitão e de Fejsa, e de dois miúdos que fizeram um jogo cada um. Não faz nenhum sentido ter essa abordagem. Claro que vivemos do rendimento, mas não vamos só meter os miúdos e abandonar quem nos deu tanto. Todos contam, estamos a jogar de três em três dias, às vezes acontecem lesões que condicionam. Depois é preparar a melhor estratégia e escolher os melhores para vencer", frisou o técnico em conferência de imprensa.

"O mais importante agora para o Florentino, o Ferro e o Jota é sentirem que têm de dar continuidade ao trabalho que têm vindo a fazer na equipa B e A. Nesta casa há que marcar sempre presença com boas exibições e ser regular", concluiu o treinador.
Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas