Bruno Lage: «Se valesse 20 milhões a minha mulher vendia-me e ficava com o dinheiro»

Técnico do Benfica abordou renovação de contrato

• Foto: Pedro Ferreira

Bruno Lage respondeu de forma humorada à cláusula de rescisão fixada nos 20 milhões de euros depois da renovação de contrato. Na conferência de imprensa de antevisão ao Famalicão, o técnico do Benfica alertou para a qualidade dos minhotos.

Fase menos boa do Famalicão.

Nós tentamos colocar de lado o resultado e fazer a análise do que é a forma de jogar. É um facto de que o Famalicão não tem vencido. Mas fizeram jogos muito bons contra Sporting, V. Guimarães. É uma equipa que provoca muitas dificuldades e temos de fazer um bom jogo e uma boa exibição.

Renovação de contrato. O que significa a cláusula de rescisão de 20M€?

Não lhe sei responder. É o mundo de hoje. Em jeito de brincadeira: se eu valesse os 20 milhões de euros a minha mulher colocava-me à venda e ficava com os 20 milhões. O mais importante é estarmos felizes e fazermos sempre o nosso trabalho de forma dedicada e séria e dizer a verdade a toda a gente, dizendo as coisas boas e menos boas. É a nossa forma de estar e não vamos olhar para outras coisas.

Eventual regresso de Gaitán

Enquanto elemento da equipa técnica do Carlos Carvalhal já estivemos atrás dele quando fomos para o Swansea. Era o nosso alvo porque não jogava no At. Madrid e porque nos poderia ajudar naquele momento. É sempre bom ouvir as palavras de um grande jogador, que fez história no clube e que foi muito importante. Mas neste momento, os nossos targets estão muito bem identificados. O nosso objetivo é identificar o Gaitán e Salvio, mas com a idade com que chegaram cá. É um jogador interessante, mas a visão do Benfica leva-nos a olhar para outros jogadores.

Quatro equipas na Liga Europa

São quatro equipas e oito treinadores portugues. Temos tido essa capacidade de triunfar em qualquer lado do mundo e fico sempre satisfeito de os ver a triunfar no estrangeiro. Vou dar um exemplo: a saída do Marco Silva e o interesse noutro treinador português.

O que é que o Benfica aprendeu com a pressão do ano passado?

O que aprendemos é que é um jogo de cada vez. Tudo muda de um momento para o outro. É a nossa forma de pensar. É a nossa dinâmica. Antes do jogo do Zenit e o que escrevi no quadro foi exatamente isso. Um jogo de cada vez. E tem sido nesse sentido que temos feito esta viagem. Os jogadores percebem isso.

5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Vinícius à porta dos 20

O dianteiro brasileiro é aquele que precisa de menos tempo para marcar neste milénio, a seguir a Jonas, na época de estreia

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.