O Benfica foi ontem alvo de buscas, desencadeadas pelo Ministério Público e pela Polícia Judiciária, por suspeitas de fraude fiscal e branqueamento de capitais.

Segundo a edição de hoje do ‘Jornal de Notícias’, a investigação procura tirar a limpo se valores faturados aos encarnados por parte de várias empresas eram mesmo fruto de serviços prestados. Fonte do Benfica explicou a Record que, neste processo, "estão em causa duas empresas", mas não o clube da Luz. Hoje será emitido um comunicado sobre o assunto.