Record

Camacho demitiu-se

DIZ QUE NÃO CONSEGUE FAZER MAIS PELA EQUIPA

O empate caseiro com a União de Leiria (2-2), "lanterna vermelha" na Liga, foi o último embate em que o espanhol José Antonio Camacho orientou a equipa do Benfica. O anúncio do adeus do treinador aconteceu durante a conferência de imprensa que se seguiu ao jogo realizado na tarde de domingo, na Luz.

"Não consigo fazer mais nada para melhorar o rendimento da equipa", afirmou, resignado, Camacho que, antes da demissão, viu o Benfica falhar cinco jogos consecutivos em casa (quatro empates para a Liga - Leixões, Nacional, Sp. Braga e U. Leiria - e o último duelo europeu, com o Getafe)

Segundo o presidente Luís Filipe Vieira - que acompanhou o treinador na comunicação aos jornalistas - Chalana irá comandar a equipa no embate com o Getafe, agendado para quarta-feira em Espanha. "A decisão é irreversível, apesar de a direcção o ter tentado demover", esclareceu o líder.

"Não estávamos minimamente preparados para uma coisa destas. Já passámos por momentos mais graves do que estes, mas, neste caso, não podemos fazer mais nada", afirmou Vieira, que realçou que a "amizade continua intacta", pois "é raro encontrar pessoas como Camacho no futebol", e profetizou que voltarão "a cruzar caminhos no futuro".

"Brevemente haverá mais notícias para os adeptos", acrescentou Vieira que, para além de não ter respondido a perguntas, se escusou a avançar com o nome do sucessor de Camacho.

As águias treinam segunda-feira, às 16.45 horas, na Luz. Depois será a viagem para Madrid. Terça-feira a equipa faz a habitual sessão de adaptação ao relvado do Getafe e no dia seguinte - precisando de vencer, marcando 2 golos - joga o tudo por tudo na Taça UEFA. Recorde-se que, em casa, os encarnados foram surpreendidos pela equipa dos arredores da capital espanhola, baqueando 1-2.
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M