Record

Camacho: «Sinto-me incomodado»

PEDE PARA NÃO FALAR SOBRE O REAL MADRID ATÉ DOMINGO

Camacho: «Sinto-me incomodado»
Camacho: «Sinto-me incomodado» • Foto: Miguel Barreira
Camacho continua sem quebrar o tabu. Em Espanha, em entrevista à rádio Cadena Ser, o treinador adiantou que não teve "qualquer contacto com Florentino Pérez", e revelou-se "incomodado" com as constantes perguntas sobre o Real Madrid.

Questionado sobre um eventual encontro com responsáveis madridistas, esclareceu: "Não falei com Florentino Pérez ou Jorge Valdano. Quanto ao meu representante, não sei, pois ele comunica regularmente com o presidente do Real. De qualquer forma, não me disse nada. Sou treinador do Benfica e temos um jogo muito importante no domingo". Camacho não escondeu mesmo alguma insatisfação sobre o assunto e acrescentou: "Sinto-me incomodado quando me perguntam sobre o Real Madrid, pois sou treinador do Benfica e ainda tenho contrato". Sem querer alargar-se muito mais sobre este tema, o espanhol justificou ainda a simpatia dos adeptos "merengues" pelo "número de anos" que jogou no Santiago Bernabéu, e pela "frontalidade" com que encara os problemas.

A final da Taça de Portugal foi outro dos assuntos abordados. Camacho rejeita que a presença do FC Porto na final da Liga dos Campeões seja uma vantagem, e defende: "É mais importante para eles ganharem a Taça de Portugal do que a prova europeia. Existe uma rivalidade muito grande entre as duas formações."

O trabalho desenvolvido em Lisboa é um dos motivos de orgulho para Camacho. Recordando o último ano e meio no Benfica, destaca: "Este ano estamos na final da Taça de Portugal, terminámos na segunda posição e chegámos aos oitavos-de-final da Taça UEFA. Penso que foi um trabalho muito positivo, pois tivemos de enfrentar muitas dificuldades económicas - aliás só foi possível fazer três contratações." Concluindo, o técnico refere que o Benfica "está mais forte", e prevê "seis ou sete anos gloriosos".

Fernández, Capello, Benítez e Sanchez como alternativas

No país vizinho o assunto do dia é a substituição de Carlos Queiroz no Real Madrid. A imprensa dá Camacho como favorito, mas a recusa do treinador do Benfica em desvendar o seu futuro leva os jornais desportivos a avançarem com outras possibilidades. Segundo a "Marca", a lista merengue está reduzida a três nomes: José Antonio Camacho, Víctor Fernandez e Rafa Benítez (actual treinador do Valência). Segundo o diário, Camacho tem a seu favor o carinho que detém entre os adeptos do clube. Por sua vez, o "AS" avança com outra alternativa: Fabio Capello. O técnico da Roma, que já orientou a formação "merengue", é visto como "disciplinador" e "conhecedor do futebol espanhol". Outro trunfo que a publicação apresenta é a possibilidade de o transalpino poder trazer alguns jogadores que interessam ao Real, como Totti, Samuel, Dacourt e Emerson. O mexicano Hugo Sanchez também é mencionado.
16
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M