Record

Carlitos jogou pela equipa B em nome do «futebol único»

EXTREMO-DIREITO ACTUOU FRENTE AO CAMACHA

O jogador encarou a experiência como uma situação pontual. "Se não me quisessem [no plantel principal, agarrava nas minhas coisas e ia embora"
Carlitos jogou pela equipa B em nome do «futebol único» • Foto: Miguel Barreira
CARLITOS foi ontem a novidade da equipa B do Benfica, que empatou a um golo com o Camacha, no Estádio da Luz, em encontro da segunda jornada da II Divisão B - Zona Sul. A utilização do extremo-direito na formação secundária encarnada, formada essencialmente por jovens atletas, insere-se na política desportiva colocada em prática pelos responsáveis benfiquistas desde o início da época traduzida pela existência de um "futebol único" no clube.

O extremo, que foi o melhor jogador em campo, encarou com naturalidade a experiência na equipa B. "O campeonato parou e queria jogar. Penso que também é bom para ganhar ritmo competitivo", afirmou, seguro de que a sua presença nos "bês" foi apenas pontual.

"Tem de ser uma situação temporária. De qualquer modo, nunca me foi comunicado que não contavam comigo, pelo contrário. Mas se não me quisessem, agarrava nas minhas coisas, falava com a Direcção e ia embora", observou.

Titular na maioria dos jogos na temporada passada, Carlitos está consciente de que a concorrência aumentou este ano, sobretudo com a chegada de Simão Sabrosa. "Espero fazer uma grande época. Confio em mim e nas minhas potencialidades. Estou certo de que mais cedo ou mais tarde as oportunidades irão aparecer", sublinhou num tom optimista.
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M