Carlos Barbosa e a postura de Rui Vitória: «Aleijou-se mais um? Não há azar...»

Ex-presidente do P. Ferreira diz que a atual atitude já vem das bases

• Foto: Carlos Gonçalves

Quem está atento ao discurso de Rui Vitória desde que chegou ao Benfica sabe que, para o técnico, não existem problemas. Há, isso sim, vontade de encontrar soluções. Ora, quem o contratou para o Paços de Ferreira e assim o lançou na Liga garante que a postura é exatamente a mesma desde os primeiros dias na Mata Real. E ali, sublinha Carlos Barbosa, nem dinheiro nos cofres havia.

"O discurso que ele tem hoje no Benfica é o que já tinha comigo no Paços! Nesse ano, baixámos o orçamento e não lhe demos jogadores como deveria ser, porque não havia dinheiro. Eu sabia que era preciso mais. Mas ele dizia-me: ‘Presidente, não temos dinheiro? Vamos com calma. Não é preciso nada. Isto está bem assim. A gente chega lá com estes.’ E chegámos!", dispara o antigo presidente dos castores. A postura alarga-se, de resto, a tudo o que sejam dificuldades com lesões. Na presente época, o emblema da Luz tem sido assolado com problemas físicos, mas também aqui Rui Vitória é de ideias fixas: "Eu dizia-lhe: ‘Oh míster, aleijou-se mais um, não é?’. E a resposta dele era sempre a mesma: ‘Não faz mal. Não há azar, arranja-se outro!"

Por Filipe Pedras
24
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0