Caso dos emails: Ministério Público vê fase de instrução em Lisboa

MP concorda com o Benfica no que diz respeito à passagem para a capital

O Ministério Público concorda com o Benfica no que diz respeito à passagem da fase de instrução do caso dos emails – tem como arguidos o diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, o diretor do Porto Canal, Júlio Magalhães, e Diogo Faria, colaborador dos dragões – para Lisboa.

Segundo o JN, esta posição já foi devidamente comunicada. Recorde-se que os encarnados haviam justificado o pedido de mudança com o facto de o Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos não ter competência territorial para este efeito, pois os alegados crimes foram cometidos em Lisboa. Recorde-se que esta fase foi recentemente adiada e sem nova data.

Por Record
26
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.