Como o Benfica se preparou para as buscas da PJ

Memorando da Vieira de Almeida enviado à Benfica SAD aconselhou como agir em caso de buscas da Polícia Judiciária

Estádio da Luz Benfica
estádio da luz, estádio do benfica, luz
Luz, Estádio da Luz, Benfica
Estádio da Luz Benfica
estádio da luz, estádio do benfica, luz
Luz, Estádio da Luz, Benfica
Estádio da Luz Benfica
estádio da luz, estádio do benfica, luz
Luz, Estádio da Luz, Benfica

Imagine que a Benfica SAD é alvo de buscas. "E agora?" O que não fazer: "informar ou comentar com outras pessoas (dentro e fora da organização) a visita – a diligência é confidencial -" e "recusar a entrada nas instalações ou deixar os inspetores muito tempo à espera na receção ou sozinhos". O que fazer? "encaminhar os inspetores para uma sala de reuniões" e "informar imediatamente a Administração: atenção que os inspetores conseguem ouvir o que disser".

Estas são algumas das indicações que constam no "Guia de consulta rápida - Buscas: E Agora?", elaborado pela sociedade de advogados Vieira de Almeida em Junho de 2017 e enviada à Benfica SAD. A SÁBADO pediu esclarecimento à Vieira de Almeida, aguardando comentário oficial.

De acordo com o documento, já referido pela SÁBADO na primeira investigação ao caso dos emails e cujo conteúdo foi recentemente divulgado pelo blogue "mercado de benfica", os conselhos estão divididos por áreas: "receção", "secretariado", "administração", "departamento informático" e "todos os serviços". Em primeiro lugar, a VdA aconselha o cliente a "perguntar o objetivo da visita da Autoridade para confirmar que é uma busca". O que não fazer? "Fazer questões sobre o objeto da diligência ou sobre o que pretendem ver." 

Autor: Sábado

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.