Conquista do tetra interrompeu a tradicional pacatez alentejana em Évora

Benfiquistas da cidade sairam à rua para celebrar

• Foto: Carlos Neves

A tradicional pacatez alentejana foi este sábado interrompida por adeptos do Benfica que invadiram as ruas das principais cidades para festejar a conquista do tetracampeonato, com o centro histórico de Évora "resguardado" pela Polícia.

Com o impedimento da entrada de viaturas com adeptos benfiquistas no centro de Évora para não "trancar o trânsito", segundo explicou um agente da PSP à agência Lusa, os festejos foram concentrados na periferia da cidade, sobretudo na Rotunda do Raimundo, onde se juntaram centenas de pessoas, muitas delas equipadas a rigor, com cachecol e boné encarnados.

Na zona intramuros, como o largo das Portas de Moura, os festejos foram reservados apenas para adeptos a pé, que começaram a gritar "SLB" e "Campeões" logo após o apito final do árbitro, num jogo em que o Benfica se sagrou, pela primeira vez na sua história, tetracampeão português de futebol, ao vencer em casa o Vitória de Guimarães, por 5-0.

Em simultâneo, fora do centro histórico, a avenida circular à cidade foi "ocupada" por caravanas automóveis, com o "engarrafamento" na Rotunda do Raimundo.

"Hoje, ninguém dorme em Évora", gritava uma adepta, Rosa Godinho, uma sexagenária a festejar entre uma maioria jovem, agitando bandeiras e cachecóis dos encarnados. 

As caravanas automóveis, em que imperaram as buzinas, estenderam-se um pouco por todo o Alentejo, região onde o Benfica é um dos clubes com mais adeptos.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.