Corchia: «Estou frustrado e triste, nem queria acreditar no azar que tive»

Lateral do Benfica aborda lesão que o obriga a ficar parado um mês

• Foto: Paulo Calado

Corchia chegou ao Benfica, emprestado pelo Sevilha, para render Ebuehi, que foi operado ao ligamento cruzado do joelho esquerdo, mas também o futebolista francês viu o azar bater-lhe à porta e três dias depois de ter sido oficializado como reforço dos encarnados foi operado ao joelho esquerdo

"Nem queria acreditar no azar que tive. Cheguei a 100% e com uma enorme vontade de jogar no meu novo clube e depois tive azar com o joelho. Estou frustrado e triste, porque não posso ajudar a equipa. Mas vou transformar as minhas emoções em energia extra, e vou trabalhar arduamente para regressar o mais rápido possível. Os médicos prevêem paragem de quatro semanas. Mal posso esperar por jogar neste grande clube", afirmou Corchia em entrevista ao Goal.com.

E como forma de tranquilizar os adeptos benfiquistas, o lateral direito assegura que não é habitual estar parado: "Na última época, também me lesionei no Sevilha e falhei metade da temporada, mas nunca me lesionei assim em toda a minha carreira. Normalmente, jogo todos os jogos. Na época anterior, alinhei em todos os 38 jogos do Lille para a liga francesa."

Corchia diz que o Benfica é um "clube com grandes ambições", assim como ele e por isso não hesitou em transferir-se para Lisboa. "É um clube de topo e vim para dar tudo com a missão de vencer títulos. É uma honra e um orgulho usar a camisola de um dos maiores clubes de Portugal e que também na Europa tem grande historial. Quero ganhar títulos e o Benfica é o clube perfeito para isso. Ganhar faz parte do ADN do clube, senti isso desde o primeiro momento", referiu.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.