Critério do duplo castigo leva a expulsão de Vlachodimos

Tiago Pinto contestou decisão da equipa de arbitragem

• Foto: Luís Manuel Neves

Tiago Pinto foi expulso do banco do Benfica no momento que contestava, junto do quarto árbitro, a decisão de Artur Soares Dias de expulsar Vlachodimos. Naquela zona gerou-se, aliás, uma grande confusão com elementos leoninos. O diretor para o futebol do Benfica, sabe Record, questionou o quarto árbitro, António Nobre, pelo motivo do vermelho direto, argumentando, na altura, que não deveria estar a ser aplicado o critério do duplo castigo, à semelhança do que tinha acontecido, por exemplo, com Renan Ribeiro minutos antes.

A equipa de arbitragem justificou a decisão com o facto de Vlachodimos, ao contrário do rival leonino, não ter tido a intenção de jogar a bola no lance com Bas Dost. Enquanto falava com António Nobre, rapidamente saltaram vários elementos do banco do Sporting e, da ‘multidão’ que esgrimia argumentos, o juiz da partida decidiu mandar para o balneário Tiago Pinto e Nélson, treinador de guarda-redes dos leões.

Tal sucedeu no jogo que marcou o regresso do diretor para o futebol do Benfica ao banco, após 12 dias de castigo, devido a uma expulsão em Guimarães, na anterior jornada do campeonato. Agora, é provável nova punição dura do Conselho de Disciplina e o regresso de Rui Costa ao banco de suplentes.

Árbitro consultou o VAR, marcou penálti sobre Bas Dost e expulsou Vlachodimos



Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.