As alterações de Rui Vitória na segunda parte colheram grande parte das críticas dos benfiquistas nas redes sociais após a derrota caseira frente ao FC Porto (0-1), que deixou os tetracampeões nacionais mais longe do penta. Record foi ouvir um painel de treinadores.

"O Benfica estava a perder o controlo do jogo na 2ª parte. O Marega estava a jogar perto do Soares de forma declarada e o FC Porto estava bem. O facto de jogar com mais um médio não é opção de tração atrás. Tem a ver com a compreensão do treinador, no momento, de que era preciso ter mais bola e partir para a ofensiva. É fácil depois do jogo dizer que se retirou um agitador como Cervi para colocar Samaris. Com Salvio, tentou que houvesse maior envolvência no espaço interior", disse a Record Daúto Faquirá.