Dirigente do Internacional assume negociações suspensas por Cervi

Alexandre Barcellos não esconde interesse no benfiquista

• Foto: Miguel Barreira

A pandemia do coronavírus afetou o negócio do futebol, mesmo em países onde o problema não está tão enraizado. No Brasil, o Internacional de Porto Alegre não esconde o interesse em Cervi, do Benfica, mas o vice-presidente, Alexandre Barcellos, sublinha que será difícil chegar a um entendimento.

"Será complicado. Primeiro porque não sabemos quando voltamos a jogar. Dependemos de receitas ordinárias. Temos de competir para receber. Se não jogamos, diminuem muito. As contas estão agora a chegar. (As vendas são) Um grave problema. O futebol europeu está parado e abala completamente a previsão que tínhamos para o orçamento", explicou o dirigente, citado pelo Globoesporte.

O argentino, de 25 anos, é um velho conhecido de Eduardo Coudet, que o treinou no país das pampas. O técnico indicou a contratação do extremo e o Internacional decidiu avançar, mas os encarnados preferiram a sua continuidade no plantel.

O interesse nunca esmoreceu, mas agora, mais do que nunca, o cenário não parece exequível. Cervi tem contrato até 2023 e uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0