Record

El Khalej: «Saio do Benfica com muita mágoa»

JOGADOR MARROQUINO ASSINOU QUARTA-FEIRA CONTRATO PELO SOUTHAMPTON VÁLIDO ATÉ 2003

TAHAR El Khalej assinou quarta-feira pelo Southampton um contrato válido por três temporadas e meia. Na hora do adeus, o marroquino sai do Benfica com mágoa. Mas afirmou, também, que parte com ”saudade” de um clube que representou durante quatro épocas.

”Estou muito contente por ter assinado e, ao mesmo tempo, triste por deixar o Benfica. Passei muito tempo neste clube e não vou esquecer o Benfica”, disse, confessando: ”Saio com muita mágoa, mas agora tenho de pensar no novo clube.”

O polivalente futebolista chegou quarta-feira à noite a Lisboa, depois de se ter comprometido com o clube do sul de Inglaterra até 2003. À sua espera, no aeroporto, estava a mulher. Alguns transeuntes não perderam a oportunidade para lhe pedir autógrafos.

O dia da partida definitiva para terras de Sua Majestade ainda não está definitivo. O jogador está em Lisboa não só para vir buscar a família, mas também para tratar da desvinculação ao Benfica e obter o visto de trabalho junto do consulado inglês no nosso País. Isto porque não é um cidadão comunitário. Segundo António Loureiro, seu representante, El Khalej está em vias de conseguir o estatuto de dupla nacionalidade.

O regresso está condicionado pelas questões burocráticas pendentes. Mas, segundo o internacional marroquino, o técnico dos ”Saints”, Glenn Hoddle, quer utilizá-lo frente ao Tottenham, sábado, ”um jogo muito importante”.

Apesar do impasse nas negociações – ”o acordo estava difícil” –, o atleta africano disse que acreditava ”ficar em definitivo” no Southampton e não à experiência. E afirmou que a sua actuação no jogo particular entre os ”Saints” e o Swindon Town foi elogiada.

”Sei o meu valor, o Benfica deixa sair um jogador que podia render mais. Todos ficaram satisfeitos comigo. Os jornais de Southampton elegeram-me o melhor em campo nesse jogo. A adaptação? Sou um profissional e tenho experiência.”

El Khalej sublinhou que Hoddle foi uma peça importante no processo. Isto porque as duas partes estavam longe do entendimento. ”O treinador ajudou muito a que ficasse no Southampton. O acordo estava difícil.”

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Seferovic pressiona Jonas

Avançado apresenta-se hoje no Seixal, após hat trick pela seleção, para discutir lugar no onze do Benfica
Notícias

Notícias Mais Vistas

M