Benfica apresenta lucro de 2,6 milhões

Dados do 1.º semestre constam no Relatório e Contas enviado à CMVM

• Foto: Pedro Simões

O Benfica enviou este domingo à CMVM o Relatório e Contas referentes ao primeiro semestre de 2016/17, apresentando um resultado líquido consolidado de 2,6 milhões de euros. Este valor não reflete ainda as vendas de Gonçalo Guedes (30 milhões) e Hélder Costa (15 milhões), que apenas irão figurar no primeiro semestre de 2017. O resultado operacional ultrapassam os 69,4 milhões de euros.

O ativo consolidado fica perto dos 460 milhões de euros (459 639 000), um decréscimo de 16,739 milhões face a junho de 2016 (476 378 000). Esta descida justifica-se com a "diminuição do ativo corrente", isto é,  "por não terem ocorrido transferências de atletas de valor significativo no decorrer deste semestre, ao contrário do sucedido nos últimos meses do exercício transato".




















O passivo desceu 20,518 milhões de euros (de 455,476 para 434,758 milhões de euros), um decréscimo de 4,5% face ao mesmo período, " essencialmente refletido na variação das rubricas de empréstimos obtidos, fornecedores e outros credores", conforme pode ler-se no documento.

Também a dívida bancária sofreu uma diminuição de 13 milhões de euros, "explicada pelas amortizações de capital", sendo objetivo do Benfica "continuar esta trajetória, sem criar desequilibro na sua atividade e na sua capacidade de investir".




















O Benfica registou ainda capitais próprios no valor de 24,7 milhões de euros, uma variação positiva de 3,8 milhões de euros face ao valor apresentado no final do exercício transato. Escrevem os encarnados no Relatório e Contas que esta variação se justifica "pelo resultado líquido do período no montante de 2,6 milhões de euros".

Os encarnados acrescentam ainda que "desde 30 de junho de 2013, quando o capital próprio consolidado atingiu o seu valor mais baixo, o grupo tem vindo a registar, de forma consecutiva e no final de cada exercício, uma evolução positiva no valor do mesmo".




Recorde-se que o Sporting apresentou um saldo positivo de 46,5 milhões de euros; já o FC Porto registou um saldo negativo de 29,5 milhões de euros.

Por João G. Oliveira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.